Catarse

Toda a alma é imortal, porque aquilo que se move a si mesmo é imortal.


1 Comentário

Gasóleo para Iates mais barato do que para pescadores.Porreiro pá !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

GASÓLEO A 0,80€ PARA OS IATES

O Governo democrático e maioritário do PS decidiu:

os que têm iates e embarcações de recreio que através do Artº 29 do Cap. II da Portaria 117-A de 8 de Fevereiro de 2008, beneficiam de gasóleo ao preço do que pagam os armadores e os pescadores.

Assim todos os portugueses são iguais perante a Lei, desde que tenham iates…

É da mais elementar justiça que os trabalhadores e as empresas que tenham carro a gasóleo o paguem a 1,42€, e os banqueiros e empresários do ‘Compromisso Portugal’ o paguem a 0,80€, e é justo, porque estes não têm culpa que os trabalhadores não comprem iates!!!



http://diario.iol.pt/economia/portugal-combustiveis-pesca-iates-luxo

In “toda a verdade


Deixe o seu comentário

As engenharias educacionais deste governo

Já algumas (muitas vezes) dissémos aqui que a ministra da educação pratica todos os dias o crime de condenar gerações a uma vida de dificuldades e um país à pobreza eterna. Isto parece exagero, mas aquilo que o ministério da educação faz é exactamente isso. E hoje vamos prová-lo com dados públicos.

O facto é que perante as acusações de andar a facilitar para ter bons resultados, a ministra continua a negar dizendo que está a obter as melhores classificações de todos os tempos a matemática. Isso parece inquestionável, mas de que matemática está ela a falar?
Pois bem, aqui o camarada Toni (por ter o filho mais velho envolvido em provas de aferição) foi investigar um pouco das provas de aferição que o Ministério da Educação da República Portuguesa realizou este ano e no ano anterior. Pois bem, este ano encontrou na prova do 2º ciclo (2º do preparatório, segundo indicação do camarada tourais) a seguinte questão(clicar para aumentar) para, imagino, que o ministério da educação avalie se os alunos do 2º ciclo sabem fazer contas com fracções a partir de um boneco.
Dir-me-á o camarada leitor que tudo isto lhe parece demasiado fácil para um(a) marmanjo que anda no 2º ano, já com barba quase a crescer ou soutien de copa C. E é, parece que o ministério anda mais à procura de ter bons resultados que aferir o que quer que seja. E até aqui só parece.
A ministra Maria de Lurdes pode sempre alegar que os técnicos (esses génios da ciência moderna conhecidos por revogar a lei de Lavoisier nos exames portugueses) acham que esta é a melhor forma de aferir os conhecimentos e que é completamente falso que se diga que o ministério anda à procura de bons resultados e não de educar quem quer que seja.
ωωωωωωωωωωωωωωωωωωωωωωωωωωωω
Mas, sejamos um pouco mais inquisidores e vejamos a prova de aferição do 1º ciclo em 2007(4ª classe) que o camarada leitor poderá ver a questão 5 que para aqui copiámos(clicar para ampliar). Pois é, camarada leitor, o mesmo problema, com algumas variações,
servia em 2007 para aferir dos conhecimentos dos aliunos do 1º ciclo, não do 2º ciclo. Assim, este ano só se pedia nesta parte que os alunos do antigo 2º ano tivessem conhecimentos ao nível da 4ª classe.
E dir-me-á o camarada leitor “mas oh Toni, os tipos do 2º ciclo não devem saber as coisas do 1º ciclo” ao que aqui o camarada Toni responderá ao camarada leitor “oh, caramelo, quantas vezes na tua vida escolar tiveste essa balda?”.
O facto é que assim se demonstra que os serviços da ministra Maria de Lurdes andam a facilitar ostensivamente nas provas de matemática para que ela venha encher a boca com números que não correspondem à realidade do conhecimento dos miúdos.
Num blog sério, que não é claramente o nosso caso, estaríamos aqui a pedir a demissão da ministra que, como todos sabem, equivale a sair do ministério para um canto qualquer bem pago onde passará o resto da sua peqeunina vida profissional. Como não somos, mesmo um blog sério, quero o couro da gaja! Quero que seja condenada a uma vida de doméstica, com um lenço na cabeça a lavar chão de joelhos!
In “Tonibler


Deixe o seu comentário

Como resistir à tecnoburocracia na Escola?



Como se pode apostar na valorização da componente lectiva quando no horário semanal de 35 horas, 25 a 27 são de trabalho na escola, restando pois entre 8 e 10 horas para trabalho individual? A “nossa” professora-referência vai tentando fazê-lo à custa dos fins-de-semana e dos serões, enfim, da abdicação de vida pessoal. Será que a missão da escola se concretiza através de verdadeiros missionários? Mas pior ainda, como continuar a consegui-lo face à teia burocrática e asfixiante que se está a esboçar em termos de Avaliação do Desempenho Docente – os trâmites são tantos e tão complexos, as solicitações e formalizações do processo tão exaustivas e sistemáticas que as tais 8 a 10 horas serão escassas só para isso. Então, quando e como se prepararão as aulas? Possivelmente, o “professor”, além de missionário, terá de ser escravo e mágico. Leia o resto.

Maria Helena Ramalho

Comentário

Das duas uma: o professor deixa de ler, estudar e de se actualizar cientificamente e aceita tornar-se um manga-de-alpaca que passa o tempo de trabalho a fazer substituições, a escrever relatórios, a elaborar planos curriculares de turma e planos de recuperação copiados da Net, a responder a questionários e a fazer actas de reuniões ou, ao invés, mantém a lucidez de resistir passivamente à investida dos adesivos tecnoburocratas, correndo o risco de nunca conseguir ultrapassar a menção de Bom mas ficando com alguma tempo para ler, estudar, preparar aulas e estabelecer uma relação pedagógica sadia. Os professores têm ainda a possibilidade de fazerem essa escolha. Eu escolheria a segunda opção.

In “Ramiro Marques


Deixe o seu comentário

Sinais pidescos

O que acaba de ser denunciado neste blog de José Maria Martins ( via Do Portugal Profundo), é grave de mais, se for verdade, em metade que seja.

  • A denúncia é simples: a PSP, via GOE, andaria a espiolhar a vida de certas pessoas, com objectivos não claros e definidos, usando métodos proibidos.

  • Sabendo nós o que aconteceu no caso das greves, com o interesse inusitado de certos agentes de polícia em saber mais do que o preciso, para sossego da autoridade, é caso de preocupação, no mínimo, suspeitar que pode haver vigilância policial, para efeitos incertos e sem justificação ou cobertura legal.

  • Mesmo descontando o eventual exagero de linguagem escrita, a mera suspeita que existe e é sentida como real, de que a PSP, pode andar a efectuar vigilância, para além das funções de segurança pessoal, torna-se inquietante.

  • Segue-se que se torna necessário, para tranquilidade de fantasmas do passado, mortos e enterrados mas sempre presentes na memória, um esclarecimento das autoridades públicas.

  • Esclarecimento esse que deve ser credível, suficiente e definitivo quanto ao assunto.

Publicado por josé in “Grande Loja do Queilo Limiano


Deixe o seu comentário

FENPROF faz queixa do Governo Português à UNESCO

A FENPROF dirigiu (18/06/2008 ) denúncia ao Senhor Director-Geral da UNESCO, Monsieur Koïchiro Matsuura, pelo facto de o Governo Português colocar em causa princípios fundamentais da Escola Inclusiva ao utilizar a CIF – OMS, 2001 (Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde) como instrumento para a elegibilidade de alunos com necessidades educativas especiais que terão direito ao apoio especializado da educação especial.

No texto enviado pode ler-se que, sendo Portugal um país que aprovou, em 1991, legislação de grande importância, que permitiu dar passos positivos no sentido da construção de uma escola verdadeiramente inclusiva, não surpreendeu que o Estado Português tenha subscrito, em 1994, a Declaração de Salamanca, entre outros compromissos e convenções internacionais sobre esta importante problemática.

Só que, acrescenta o texto, o actual Governo, sem atender às preocupações de entidades com reflexão e intervenção nesta área, veio revogar o Decreto-Lei n.º 319/91, de 23 de Agosto, substituindo-o pelo Decreto-Lei n.º 3/2008, de 7 de Janeiro, alterado pela Lei n.º 21/2008, de 12 de Maio, criando uma situação que contraria os princípios do compromisso que assumiu ao impor uma:

1. Definição restritiva de necessidades educativas especiais;

2. Organização e Funcionamento das Escolas / Agrupamentos que obrigará as crianças a serem deslocadas das suas comunidades para as designadas escolas de referência (por tipologia de deficiência) que o Ministério da Educação definirá em despacho;

3. Avaliação Pedagógica dos alunos com necessidades educativas especiais

por referência a uma classificação clínica ? CIF ? OMS, 2001.

In “Ramiro Marques


1 Comentário

Clube Bilderberg 2008


Bilderberg 2008

Desta vez roubei a lista do blog IaOeOaI. Só ia fazer o link, mas é bom divulgar bem quem é e quem é a cambada que está a ser recrutada pelos sinistros Bilderberg Official 2008. Bilderberg Participant List June 6, 2008

DEU “Ackermann, Josef” “Chairman of the Management Board and the Group Executive Committee, Deutsche Bank AG”

CAN “Adams, John” Associate Deputy Minister of National Defence and Chief of the Communications Security Establishment Canada
USA “Ajami, Fouad” “Director, Middle East Studies Program, The Paul H. Nitze School of Advanced International Studies, The Johns Hopkins University”

USA “Alexander, Keith B.” “Director, National Security Agency”

INT “Almunia, Joaquín ” “Commissioner, European Commission”
GRC “Alogoskoufis, George” Minister of Economy and Finance

USA “Altman, Roger C.” “Chairman, Evercore Partners Inc.”

TUR “Babacan, Ali ” Minister of Foreign Affairs

NLD “Balkenende, Jan Peter” Prime Minister

PRTBalsemão, Francisco Pinto” “Chairman and CEO, IMPRESA, S.G.P.S.; Former Prime Minister”

FRA “Baverez, Nicolas” “Partner, Gibson, Dunn & Crutcher LLP”

ITA “Bernabè, Franco” “CEO, Telecom Italia Spa”
USA “Bernanke, Ben S.” “Chairman, Board of Governors, Federal Reserve System”
SWE “Bildt, Carl” Minister of Foreign Affairs
FIN “Blåfield, Antti ” “Senior Editorial Writer, Helsingin Sanomat”
DNK “Bosse, Stine” “CEO, TrygVesta”

CAN “Brodie, Ian ” “Chief of Staff, Prime Minister’s Office”

AUT “Bronner, Oscar” “Publisher and Editor, Der Standard”

FRA “Castries, Henri de ” “Chairman of the Management Board and CEO, AXA”
ESP “Cebrián, Juan Luis” “CEO, PRISA”

CAN “Clark, Edmund” “President and CEO, TD Bank Financial Group”
GBR “Clarke, Kenneth” Member of Parliament

NOR “Clemet, Kristin” “Managing Director, Civita”

USA “Collins, Timothy C.” “Senior Managing Director and CEO, Ripplewood Holdings, LLC”

FRA “Collomb, Bertrand” “Honorary Chairman, Lafarge”

PRT Costa, António” Mayor of Lisbon

USA “Crocker, Chester A.” James R. Schlesinger Professor of Strategic Studies

USA “Daschle, Thomas A.” Former US Senator and Senate Majority Leader
CAN “Desmarais, Jr., Paul ” “Chairman and co-CEO, Power Corporation of Canada”

GRC “Diamantopoulou, Anna” Member of Parliament
USA “Donilon, Thomas E.” “Partner, O’Melveny & Myers ITA “Draghi, Mario” “Governor, Banca d’Italia”
AUT “Ederer, Brigitte” “CEO, Siemens AG Österreich”

CAN “Edwards, N. Murray ” “Vice Chairman, Candian Natural Resources Limited”

DNK “Eldrup, Anders ” “President, DONG A/S”

ITA “Elkann, John” “Vice Chairman, Fiat S.p.A.”
USA “Farah, Martha J.” “Director, Center for Cognitive Neuroscience; Walter H. Annenberg Professor in the Natural Sciences, University of Pennsylvania”
USA “Feldstein, Martin S.” “President and CEO, National Bureau of Economic Research”

DEU “Fischer, Joschka” Former Minister of Foreign Affairs

USA “Ford, Jr., Harold E.” “Vice Chairman, Merill Lynch & Co., Inc.”
CHE “Forstmoser, Peter” “Professor for Civil, Corporation and Capital Markets Law, University of Zürich”
IRL “Gallagher, Paul ” Attorney General
USA “Geithner, Timothy F. ” “President and CEO, Federal Reserve Bank of New York”
USA “Gigot, Paul ” “Editorial Page Editor, The Wall Street Journal”

IRL “Gleeson, Dermot ” “Chairman, AIB Group”
NLD “Goddijn, Harold” “CEO, TomTom” TUR “Gögüs, Zeynep ” “Journalist; Founder, EurActiv.com.tr”
USA “Graham, Donald E.” “Chairman and CEO, The Washington Post Company”

NLD “Halberstadt, Victor” “Professor of Economics, Leiden University; Former Honorary Secretary General of Bilderberg Meetings”

USA “Holbrooke, Richard C. ” “Vice Chairman, Perseus, LLC”

FIN “Honkapohja, Seppo” “Member of the Board, Bank of Finland”

INT “Hoop Scheffer, Jaap G. de” “Secretary General, NATO”

USA “Hubbard, Allan B.” “Chairman, E & A Industries, Inc.”

BEL “Huyghebaert, Jan” “Chairman of the Board of Directors, KBC Group”
DEU “Ischinger, Wolfgang” Former Ambassador to the UK and US

USA “Jacobs, Kenneth” “Deputy Chairman, Head of Lazard U.S., Lazard Frères & Co. LLC”

USA “Johnson, James A.” “Vice Chairman, Perseus, LLC” (Obama’s man tasked with selecting his running mate)
SWE “Johnstone, Tom ” “President and CEO, AB SKF”

USA “Jordan, Jr., Vernon E.” “Senior Managing Director, Lazard Frères & Co. LLC”

FRA “Jouyet, Jean-Pierre ” Minister of European Affairs

GBR “Kerr, John ” “Member, House of Lords; Deputy Chairman, Royal Dutch Shell plc.”
USA “Kissinger, Henry A.” “Chairman, Kissinger Associates, Inc.”
DEU “Klaeden, Eckart von” “Foreign Policy Spokesman, CDU/CSU”

USA “Kleinfeld, Klaus” “President and COO, Alcoa”

TUR “Koç, Mustafa ” “Chairman, Koç Holding A.S.”
FRA “Kodmani, Bassma” “Director, Arab Reform Initiative”

USA “Kravis, Marie-Josée” “Senior Fellow, Hudson Institute, Inc.”
INT “Kroes, Neelie ” “Commissioner, European Commission”
POL “Kwasniewski, Aleksander ” Former President
AUT “Leitner, Wolfgang” “CEO, Andritz AG”

ESP “León Gross, Bernardino” “Secretary General, Office of the Prime Minister”
INT “Mandelson, Peter” “Commissioner, European Commission”
FRA “Margerie, Christophe de” “CEO, Total”
CAN “Martin, Roger” “Dean, Joseph L. Rotman School of Management, University of Toronto”

HUN “Martonyi, János” “Professor of International Trade Law; Partner, Baker & McKenzie; Former Minister of Foreign Affairs”
USA “Mathews, Jessica T. ” “President, Carnegie Endowment for International Peace”

INT “McCreevy, Charlie ” “Commissioner, European Commission”
USA “McDonough, William J.” “Vice Chairman and Special Advisor to the Chairman, Merrill Lynch & Co., Inc.”
CAN “McKenna, Frank” “Deputy Chair, TD Bank Financial Group”
GBR “McKillop, Tom ” “Chairman, The Royal Bank of Scotland Group”

FRA “Montbrial, Thierry de” “President, French Institute for International Relations”

ITA “Monti, Mario” “President, Universita Commerciale Luigi Bocconi”
USA “Mundie, Craig J. ” “Chief Research and Strategy Officer, Microsoft Corporation”
NOR “Myklebust, Egil” “Former Chairman of the Board of Directors SAS, Norsk Hydro ASA”
DEU “Nass, Matthias” “Deputy Editor, Die Zeit”

NLD “Netherlands, H.M. the Queen of the

FRA “Ockrent, Christine” “CEO, French television and radio world service”

FIN “Ollila, Jorma” “Chairman, Royal Dutch Shell plc”

SWE “Olofsson, Maud ” Minister of Enterprise and Energy; Deputy Prime Minister

NLD “Orange, H.R.H. the Prince of
GBR “Osborne, George” Shadow Chancellor of the Exchequer
TUR “Öztrak, Faik” Member of Parliament ITA “Padoa-Schioppa, Tommaso ” Former Minister of Finance; President of Notre Europe
GRC “Papahelas, Alexis” “Journalist, Kathimerini”
GRC “Papalexopoulos, Dimitris” “CEO, Titan Cement Co. S.A.”
USA “Paulson, Jr., Henry M.” Secretary of the Treasury

USA “Pearl, Frank H.” “Chairman and CEO, Perseus, LLC”

USA “Perle, Richard N.” “Resident Fellow, American Enterprise Institute for Public Policy Research”
FRA “Pérol, François” Deputy General Secretary in charge of Economic Affairs

DEU “Perthes, Volker” “Director, Stiftung Wissenschaft und Politik”

BEL “Philippe, H.R.H. Prince”
CAN “Prichard, J. Robert S.” “President and CEO, Torstar Corporation”
CAN “Reisman, Heather M.” “Chair and CEO, Indigo Books & Music Inc.”

USA “Rice, Condoleezza” Secretary of State

PRTRio, Rui ” Mayor of Porto

USA “Rockefeller, David ” “Former Chairman, Chase Manhattan Bank”
ESP “Rodriguez Inciarte, Matias” “Executive Vice Chairman, Grupo Santander”
USA “Rose, Charlie” “Producer, Rose Communications”

DNK “Rose, Flemming” “Editor, Jyllands Posten”

USA “Ross, Dennis B.” “Counselor and Ziegler Distinguished Fellow, The Washington Institute for Near East Policy”

USA “Rubin, Barnett R.” “Director of Studies and Senior Fellow, Center for International Cooperation, New York University”
TUR “Sahenk, Ferit ” “Chairman, Dogus Holding A.S.”

USA “Sanford, Mark” Governor of South Carolina
USA “Schmidt, Eric” “Chairman of the Executive Committee and CEO, Google”

AUT “Scholten, Rudolf ” “Member of the Board of Executive Directors, Oesterreichische Kontrollbank AG”

DNK “Schur, Fritz H. ” Fritz Schur Gruppen

CZE “Schwarzenberg, Karel ” Minister of Foreign Affairs

USA “Sebelius, Kathleen” Governor of Kansas

USA “Shultz, George P.” “Thomas W. and Susan B. Ford Distinguished Fellow, Hoover Institution, Stanford University”
ESP “Spain, H.M. the Queen of

CHE “Spillmann, Markus” “Editor-in-Chief and Head Managing Board, Neue Zürcher Zeitung AG”
USA “Summers, Lawrence H.” “Charles W. Eliot Professor, Harvard University”
GBR “Taylor, J. Martin” “Chairman, Syngenta International AG”

USA “Thiel, Peter A.” “President, Clarium Capital Management, LLC”
NLD “Timmermans, Frans ” Minister of European Affairs
RUS “Trenin, Dmitri V.” “Deputy Director and Senior Associate, Carnegie Moscow Center”
INT “Trichet, Jean-Claude” “President, European Central Bank”
USA “Vakil, Sanam” “Assistant Professor of Middle East Studies, The Paul H. Nitze School of Advanced International Studies, Johns Hopkins University”

FRA “Valls, Manuel ” Member of Parliament
GRC “Varvitsiotis, Thomas” “Co-Founder and President, V + O Communication”

CHE “Vasella, Daniel L.” “Chairman and CEO, Novartis AG”

FIN “Väyrynen, Raimo” “Director, The Finnish Institute of International Affairs”

FRA “Védrine, Hubert” Hubert Védrine Conseil

NOR “Vollebaek, Knut” “High Commissioner on National Minorities, OSCE”
SWE “Wallenberg, Jacob” “Chairman, Investor AB”

USA “Weber, J. Vin” “CEO, Clark & Weinstock”
USA “Wolfensohn, James D. ” “Chairman, Wolfensohn & Company, LLC”
USA “Wolfowitz, Paul ” “Visiting Scholar, American Enterprise Institute for Public Policy Research”
INT “Zoellick, Robert B. ” “President, The World Bank Group” Rapporteurs
GBR “Bredow, Vendeline von” “Business Correspondent, The Economist”

GBR “Wooldridge, Adrian D.” “Foreign Correspondent, The Economist”
If your name appears here and you were not at Bilderberg, leave a comment. Likewise, if you were a participant, leave a comment so we can give you, um, credit.»

Contribuição para o Echelon: Kwajalein, LHI


Deixe o seu comentário

QUEIXAS DE PROFESSORES


A secção de queixas do Blog Movimento Mobilização de Unidade de Professores, designada QUEIXAS DE PROFESSORES, já se encontra em funcionamento.
De acordo com o solicitado, publicamos aí a primeira queixa, ressalvando os requesitos expressos no e-mail recebido, que também publicamos reservando a identificação do/da emitente.
Para ver, clique aqui ou na ligação permanente que se encontra no índice à esquerda.

In “Movimento M.U.Professores


Deixe o seu comentário

Cartão escolar electrónico

Consta de uma das medidas do Plano Tecnológico para a Educação (PTE): generalizar o uso de cartão electrónico de aluno com funcionalidades de controlo de acessos, registo de assiduidade e porta-moedas electrónico. O Ministério da Educação pretende implementar nas cerca de 1 200 escolas públicas com Ensino Básico (2.º e 3.º ciclos) e Secundário um sistema que abranja a logística associada à produção e distribuição do cartão electrónico, por um período a definir; a instalação do equipamento associado à leitura dos cartões, tendo em conta o local e a funcionalidade pretendida.

Ver mais na Página Web do PTE