Novos modelos de avaliação do desempenho contra o abandono escolar.

Mlr_blog

Beleza é tão importante quanto a capacidade de ensinar das educadoras.

Atraentes, elas aparecem nos anúncios publicitários como estrelas de cinema.

O apelo sexual tornou-se num dos mais importantes atractivos na educação de Hong Kong, onde os estudantes fazem duas provas muito concorridas para entrarem na universidade.

A beleza é um item considerado tão importante quanto a capacidade de ensinar ou o conhecimento das professoras. Atraentes, elas aparecem nos anúncios publicitários como estrelas de cinema. As escolas colocam fotos delas em outdoors, jornais, e mesmo na televisão.

Angela Yiu e Stella Cheng passaram semanas reunindo-se com consultores de moda e fotógrafos antes de se decidirem a usar mini-saia e salto alto na campanha publicitária. Elas não são modelos anunciando perfume, ou carros, são professoras particulares que ganham muito dinheiro ajudando estudantes de Hong Kong a passar nas provas do equivalente ao vestibular deles.

As pernas delas são as mais bonitas da indústria da educação“, disse Ken Ng, director da instituição Modern Education, uma das maiores na cidade. “É isto que faz vendermos bem.

Algumas professoras têm a sua própria equipa de fotógrafos, estilistas e maquilhadores. Elas aparecem em fotografias nos sites das escolas, onde estudantes podem escolher com quem vão querer estudar.

Tudo isso para conseguir estudantes que precisam passar nos decisivos exames para entrar na universidade. Um terço dos estudantes de Hong Kong recorrem a professoras particulares para fazer as provas. Este nicho de mercado vem crescendo muito, e já gera quase 40 milhões de Reais por mês em aulas.

Fonte: Globo, Brasil – http://g1.globo.com/