Catarse

Toda a alma é imortal, porque aquilo que se move a si mesmo é imortal.


1 Comentário

A maior explosão do sol desde 2007

Conforme já havíamos anunciado ontem com as informações provindas da equipe de cientistas autônomos e exocientistas do time internacional de starviewer e verificadas nos sites de monitoramento como o SOHO ( sol ) e o Real-time Magnetosphere (magnetosfera) no dia 18 o sol emitiu a maior labareda desde 2007, anunciando que vai ‘acordar’ com força total, esta CME , ou emissão de massa coronal, lançada em direção a Terra pode provocar além de belas auroras boreais, alguns danos não tão belos, como o aumento de terremotos pela pressão exercida na magnetosfera não podem ser descartados, embora a ciência ‘oficial’ não reconheça essa possibilidade (o que não significa que não exista)

Para ilustrar, a notícia que segue e que pode ser encontrada no jornal Espanhol ABC.es com tradução livre por: Arauto do Futuro

La maior labareda do Sol desde 2007

Fonte: EP | MADRID
Tradução livre:  Arauto do Futuro

O observatório espacial Russo Tesis registrou ontem a maior labareda solar dos últimos dois anos e meio, segundo foi informado pleo Instituto Russo de Física «Lebedev». Concretamente, a labareda se iniciou às 14.00 (horas española), alcançou seu nível máximo um minuto mais tarde e durou quase duas horas.

Os expertos ressaltam que a labareda de ontem foi «a mais poderosa desde o 4 de junho de 2007» e que lhe precederam outras duas explosões fortes: uma para o meio dia de terça, e outra para a meia noite anterior.

Segundo explica Ria Novosti, os intervalos entre as labaredas se encurtam conforme aumenta sua intensidade. Por isso, os cientistas chegam à conclusão de que no Sol começa um novo ciclo de atividade  após um breve recesso.

Há cinco classes de explosões solares em função da intensidade: A, B, C, M y X. A mínima, A., equivale a uma radiaão de 10 nanowats por metro quadrado na órbita terrestre, valor que aumenta em cada nível seguinte.

A seguir,

conforme informamos ontem, postaremos as imagens ou os links dos sites de monitoramento para vossa apreciação.

Fonte: http://www.n3kl.org/

Solar X-rays: status
Geomagnetic Field: kpstatus

As imagens do SOHO podem ser verificadas aqui: http://sohodata.nascom.nasa.gov/cgi-bin/soho_movie_theater

abra em duas janelas e selecione uma C2 e a outra com C3, em ambas preencha as datas “2010/01/17 e 2010/01/20″ e clique em search, depois espere carregar as imagens.

A esquerda da imagem  se observa Vênus.

A esquerda do sol pode ser observado as CMEs, Emissões de massa coronal ou flares, ou labaredas, ou explosão solar.

Em C2 prestem atenção na lateral esquerda em direção a Vênus, nos dias:

17/01 a partir da imagem das 04:29

18/01 a partir da imagem das 20:28

20/01 a partir da imagem das 12:30 há uma interrupção até as 19:54 (o que ocorreu neste período, só ‘deus’ sabe)

Em C3 também , praticamente nos mesmos horários acima, a esquerda da imagem em direção a Vênus e observem as ‘línguas’ de massa coronal emitidas pelo sol.

As imagens da magnetosfera podem ser verificadas aqui: (a atual)

http://www2.nict.go.jp/y/y223/simulation/realtime/

Comparem com as imagens postadas na semana passada aqui no final do artigo.

A última imagem observada antes do término deste artigo:

The Latest Image

Plasma Temperature and Density at Geostationary Orbit and AE Index

In Arauto do Futuro


Deixe o seu comentário

Cientista confirma: polo magnético está se deslocando mais rápido

Apesar de simples, usar corretamente uma bússola exige uma série de conhecimentos básicos, que vão desde conhecer os pontos cardeais até a declinação magnética do local em que o observador está. O problema é que o polo magnético da Terra não é um local fixo e à medida que o tempo passa sua localização muda, fazendo com que os mapas tenham que ser atualizados constantemente para refletir essa alteração.

Campo magnético terrestre

O motivo dessa atualização é que as cartas usam um sistema de meridianos que cruzam os polos geográficos, mas os polos magnéticos não estão no centro desses polos. Atualmente, o polo magnético norte se encontra próximo à ilha canadense de Ellesmere e o polo sul na ilha de Vitória na Antártida. Como as bússolas indicam o norte magnético, faz-se necessária a correção para que se saiba onde fica o norte geográfico.

O polo norte magnético foi descoberto em 1831, mas em 1904 os cientistas constataram que sua posição havia se deslocado para nordeste e que continuava a se movimentar constantemente cerca de 15 km por ano nessa direção. Em 1989 os pesquisadores perceberam que a velocidade de deslocamento havia acelerado e em 2007 foi confirmado que a velocidade havia passado de 55 km/ano e que rumava muito rapidamente em direção à Sibéria, na Rússia.

Segundo o cientista Arnaud Chulliat, ligado ao Instituto de Física do Globo, de Paris, os modelos sugerem que existe uma região de magnetismo em rápida transformação na superfície do núcleo terrestre, possivelmente criada por um misterioso manto de magnetismo proveniente do interior do núcleo. No entender do pesquisador, essa região pode estar deslocando o polo magnético de sua antiga posição no norte do Canadá e levando até a Sibéria.
Dínamo
O campo magnético terrestre é gerado pela rotação do metal líquido ao redor do núcleo de ferro sólido e altamente aquecido existente no centro da Terra, criando um fenômeno conhecido como “efeito dínamo”. Os especialistas acreditam que a mudança da localização do polo norte magnético ocorre devido a esse movimento, que altera a posição das linhas magnéticas.

Apesar da pesquisa de Chulliat sustentar essa idéia, o pesquisador não afirma que o polo norte poderá um dia se deslocar para a Rússia. Além disso, ninguém sabe quando e onde novas mudanças no núcleo poderão se manifestar, fazendo o norte magnético se mover rumo a uma nova direção. “É muito difícil prever”, disse Chulliat, que apresentou seu trabalho em um encontro da União Geofísica Americana.

Fonte: Apolo11 – http://www.apolo11.com/curiosidades.php?posic=dat_20100105-095824.inc

In Fim dos tempos


Deixe o seu comentário

The Cloud Mystery

Climate change and global warming caused by CO2 – or? Watch these videos and judge for yourself..

Henrik Svensmark (born 1958) is a physicist at the Danish National Space Center in Copenhagen who studies the effects of cosmic rays on cloud formation. His work presents hypotheses about solar activity as an indirect cause of global warming; his research has suggested a possible link through the interaction of the solar wind and cosmic rays. His conclusions have been controversial as the prevailing scientific opinion on climate change considers solar activity unlikely to be a major contributor to recent warming, though it is thought to be the primary driver of many earlier changes in climate.

Career

Henrik Svensmark is director of the Center for Sun-Climate Research at the Danish Space Research Institute (DSRI), a part of the Danish National Space Center. He previously headed the sun-climate group at DSRI. He held postdoctoral positions in physics at three other organizations: University of California, Berkeley, Nordic Institute for Theoretical Physics, and the Niels Bohr Institute.[1] Svensmark uses a pacemaker because of a heart-condition. [2]

In 1997, Svensmark and Eigil Friis-Christensen popularised a theory that linked galactic cosmic rays and global climate change mediated primarily by variations in the intensity of the solar wind, which they have termed cosmoclimatology. This theory had earlier been reviewed by Dickinson.[3] One of the small-scale processes related to this link was studied in a laboratory experiment performed at the Danish National Space Center (paper published in the Proceedings of the Royal Society A, February 8, 2007).

Svensmark’s research downplays the significance to which atmospheric CO2 has affected recent global warming.

Cosmoclimatology theory of climate change

Svensmark detailed his theory of cosmoclimatology in a paper published in 2007.[4] The Center for Sun-Climate Research at the Danish National Space Institute “investigates the connection between solar activity and climatic changes on Earth”.[5][6] Its homepage lists several publications earlier works related to cosmoclimatology.[7][8]

Svensmark and Nigel Calder published a book The Chilling Stars: A New Theory of Climate Change (2007) describing the Cosmoclimatology theory that cosmic rays “have more effect on the climate than manmade CO2“:

“During the last 100 years cosmic rays became scarcer because unusually vigorous action by the Sun batted away many of them. Fewer cosmic rays meant fewer clouds—and a warmer world.[9]

The book has been criticised by Gavin Schmidt[10]. A documentary film on Svensmark’s theory, The Cloud Mystery, was produced by Lars Oxfeldt Mortensen[11] and premiered in January 2008 on Danish TV 2.

Experimental verification

Preliminary experimental verification has been conducted in the SKY Experiment at the Danish National Space Science Center. CERN, the European Organization for Nuclear Research in Geneva, is preparing comprehensive verification in the CLOUD Project.

SKY Experiment

Svensmark conducted proof of concept experiments in the SKY Experiment at the Danish National Space Institute.[12]

To investigate the role of cosmic rays in cloud formation low in the Earth’s atmosphere, the SKY experiment used natural muons (heavy electrons) that can penetrate even to the basement of the National Space Institute in Copenhagen. The hypothesis, verified by the experiment, is that electrons released in the air by the passing muons promote the formation of molecular clusters that are building blocks for cloud condensation nuclei.

CLOUD Project Experiments

See main article CLOUD

Scientists are preparing detailed atmospheric physics experiments to test Svensmark’s thesis, building on the Danish findings. CERN started a multi-phase project in 2006, including rerunning the Danish experiment. CERN plans to use an accelerator rather than rely on natural cosmic rays. CERN’s multinational project will give scientists a permanent facility where they can study the effects of both cosmic rays and charged particles in the Earth’s atmosphere.[13] CERN’s project is named CLOUD (Cosmics Leaving OUtdoor Droplets).[14] CERN posted a 2008 progress report on the CLOUD project.[15]

Debate and controversy

Galactic Cosmic Rays vs Global Temperature

Mike Lockwood of the UK’s Rutherford Appleton Laboratory and Claus Froehlich of the World Radiation Center in Switzerland published a paper in 2007 which concluded that the increase in mean global temperature observed since 1985 correlates so poorly with solar variability that no type of causal mechanism may be ascribed to it, although they accept that there is “considerable evidence” for solar influence on Earth’s pre-industrial climate and to some degree also for climate changes in the first half of the 20th century.[16]

Svensmark’s coauthor Calder responded to the study in an interview with LondonBookReview.com, where he put forth the counterclaim that global temperature has not risen since 1999.[17]

Later in 2007, Svensmark and Friis-Christensen brought out a Reply to Lockwood and Fröhlich which concludes that surface air temperature records used by Lockwood and Fröhlich apparently are a poor guide to Sun-driven physical processes, but tropospheric air temperature records do show an impressive negative correlation between cosmic-ray flux and air temperatures up to 2006 if a warming trend, oceanic oscillations and volcanism are removed from the temperature data. They also point out that Lockwood and Fröhlich present their data by using running means of around 10 years, which creates the illusion of a continued temperature rise, whereas all unsmoothed data point to a flattening of the temperature, coincident with the present maxing out of the magnetic activity of the Sun, and which the continued rapid increase in CO2 concentrations seemingly has been unable to overrule. This reply has so far not been published in a peer-reviewed journal.

An early (2003) rebuttal of Svensmark’s theory reanalyzed Svensmark’s data and suggested that it does not support a correlation between cosmic rays and global temperature changes; it also disputes some of the theoretical bases for the theory.[18]

Galactic Cosmic Rays vs Cloud Cover

In April 2008, Professor Terry Sloan of Lancaster University published a paper in the journal Environmental Research Letters titled “Testing the proposed causal link between cosmic rays and cloud cover”,[19] which found no significant link between cloud cover and cosmic ray intensity in the last 20 years. Svensmark responded by saying “Terry Sloan has simply failed to understand how cosmic rays work on clouds”.[20] Dr. Giles Harrison of Reading University, describes the work as important “as it provides an upper limit on the cosmic ray-cloud effect in global satellite cloud data”. Harrison studied the effect of cosmic rays in the UK.[21] He states: “Although the statistically significant non-linear cosmic ray effect is small, it will have a considerably larger aggregate effect on longer timescale (e.g. century) climate variations when day-to-day variability averages out”. Brian H. Brown (2008) of Sheffield University further found a statistically significant (p<0.05) short term 3% association between Galactic Cosmic Rays (GCR) and low level clouds over 22 years with a 15 hour delay. Long-term changes in cloud cover (> 3 months)and GCR gave correlations of p=0.06.[22]


Deixe o seu comentário

Jesse Ventura ex-Governador do Minnesota desmonta a farsa do Aquecimento Global – ‘Conspiracy Theory’

Posted on Dezembro 18, 2009 by ovigia

Jesse Ventura ex-Governador do Minnesota tem agora uma série de reportagens de investigação que visam tentar esclarecer ou fazer alguma luz sobre alguns assuntos designados por aqueles que os querem desacreditar como Teorias da Conspiração.

Este ex-Navy SEAL, ex-lutador de Wrestling e ex-político resolveu abordar numa nova série de televisão em formato tipo reportagens de investigação, diversos temas nossos conhecidos, tendo já ido para o ar três episódios desta série que se designa por CONSPIRACY THEORY WITH JESSE VENTURA e é uma produção da trutv.com.

Entre os temas abordados nos seus três primeiros episódios encontram-se o projecto militar HAARP capaz de alterar a atmosfera e o clima bem como o pensamento de todos nós e até provocar tremores e terra entre outros, no segundo episódio tratou do tema dos atentados do 11Set2001 e no episódio de ontem o terceiro, foi sobre o AGW, Aquecimento Global supostamente de origem antropogénica, sobre o qual Alex Jones tem um interessante artigo no seu site.

Para darem olhada aos seguintes episódios vão até ao site do projecto, caso queiram fazer o seu download através de torrents, aqui estão eles, para darem uma olhada primeiro vão até ao youtube.


14 Comentários

“Não existe aquecimento global”, diz representante da OMM na América do Sul



Por Carlos Madeiro
Especial para o UOL Ciência e Saúde

Com 40 anos de experiência em estudos do clima no planeta, o meteorologista da Universidade Federal de Alagoas Luiz Carlos Molion apresenta ao mundo o discurso inverso ao apresentado pela maioria dos climatologistas. Representante dos países da América do Sul na Comissão de Climatologia da Organização Meteorológica Mundial (OMM), Molion assegura que o homem e suas emissões na atmosfera são incapazes de causar um aquecimento global. Ele também diz que há manipulação dos dados da temperatura terrestre e garante: a Terra vai esfriar nos próximos 22 anos.

Em entrevista ao UOL, Molion foi irônico ao ser questionado sobre uma possível ida a Copenhague: “perder meu tempo?” Segundo ele, somente o Brasil, dentre os países emergentes, dá importância à conferência da ONU. O metereologista defende que a discussão deixou de ser científica para se tornar política e econômica, e que as potências mundiais estariam preocupadas em frear a evolução dos países em desenvolvimento.

UOL: Enquanto todos os países discutem formas de reduzir a emissão de gases na atmosfera para conter o aquecimento global, o senhor afirma que a Terra está esfriando. Por quê?

Luiz Carlos Molion: Essas variações não são cíclicas, mas são repetitivas. O certo é que quem comanda o clima global não é o CO2. Pelo contrário! Ele é uma resposta. Isso já foi mostrado por vários experimentos. Se não é o CO2, o que controla o clima? O sol, que é a fonte principal de energia para todo sistema climático. E há um período de 90 anos, aproximadamente, em que ele passa de atividade máxima para mínima. Registros de atividade solar, da época de Galileu, mostram que, por exemplo, o sol esteve em baixa atividade em 1820, no final do século 19 e no inicio do século 20. Agora o sol deve repetir esse pico, passando os próximos 22, 24 anos, com baixa atividade.

UOL: Isso vai diminuir a temperatura da Terra?

Molion: Vai diminuir a radiação que chega e isso vai contribuir para diminuir a temperatura global. Mas tem outro fator interno que vai reduzir o clima global: os oceanos e a grande quantidade de calor armazenada neles. Hoje em dia, existem boias que têm a capacidade de mergulhar até 2.000 metros de profundidade e se deslocar com as correntes. Elas vão registrando temperatura, salinidade, e fazem uma amostragem. Essas boias indicam que os oceanos estão perdendo calor. Como eles constituem 71% da superfície terrestre, claro que têm um papel importante no clima da Terra. O [oceano] Pacífico representa 35% da superfície, e ele tem dado mostras de que está se resfriando desde 1999, 2000. Da última vez que ele ficou frio na região tropical foi entre 1947 e 1976. Portanto, permaneceu 30 anos resfriado.

UOL: Esse resfriamento vai se repetir, então, nos próximos anos?

Molion: Naquela época houve redução de temperatura, e houve a coincidência da segunda Guerra Mundial, quando a globalização começou pra valer. Para produzir, os países tinham que consumir mais petróleo e carvão, e as emissões de carbono se intensificaram. Mas durante 30 anos houve resfriamento e se falava até em uma nova era glacial. Depois, por coincidência, na metade de 1976 o oceano ficou quente e houve um aquecimento da temperatura global. Surgiram então umas pessoas – algumas das que falavam da nova era glacial – que disseram que estava ocorrendo um aquecimento e que o homem era responsável por isso.

UOL: O senhor diz que o Pacífico esfriou, mas as temperaturas médias Terra estão maiores, segundo a maioria dos estudos apresentados.

Molion: Depende de como se mede.

UOL: Mede-se errado hoje?

Molion: Não é um problema de medir, em si, mas as estações estão sendo utilizadas, infelizmente, com um viés de que há aquecimento.

UOL: O senhor está afirmando que há direcionamento?

Molion: Há. Há umas seis semanas, hackers entraram nos computadores da East Anglia, na Inglaterra, que é um braço direto do IPCC [Painel Intergovernamental sobre Mudança Climática], e eles baixaram mais de mil e-mails. Alguns deles são comprometedores. Manipularam uma série para que, ao invés de mostrar um resfriamento, mostrassem um aquecimento.

UOL: Então o senhor garante existir uma manipulação?

Molion: Se você não quiser usar um termo tão forte, digamos que eles são ajustados para mostrar um aquecimento, que não é verdadeiro.

UOL: Se há tantos dados técnicos, por que essa discussão de aquecimento global? Os governos têm conhecimento disso ou eles também são enganados?

Molion: Essa é a grande dúvida. Na verdade, o aquecimento não é mais um assunto científico, embora alguns cientistas se engajem nisso. Ele passou a ser uma plataforma política e econômica. Da maneira como vejo, reduzir as emissões é reduzir a geração da energia elétrica, que é a base do desenvolvimento em qualquer lugar do mundo. Como existem países que têm a sua matriz calcada nos combustíveis fósseis, não há como diminuir a geração de energia elétrica sem reduzir a produção.

UOL: Isso traria um reflexo maior aos países ricos ou pobres?

Molion: O efeito maior seria aos países em desenvolvimento, certamente. Os desenvolvidos já têm uma estabilidade e podem reduzir marginalmente, por exemplo, melhorando o consumo dos aparelhos elétricos. Mas o aumento populacional vai exigir maior consumo. Se minha visão estiver correta, os paises fora dos trópicos vão sofrer um resfriamento global. E vão ter que consumir mais energia para não morrer de frio. E isso atinge todos os países desenvolvidos.

UOL: O senhor, então, contesta qualquer influência do homem na mudança de temperatura da Terra?

Molion: Os fluxos naturais dos oceanos, polos, vulcões e vegetação somam 200 bilhões de emissões por ano. A incerteza que temos desse número é de 40 bilhões para cima ou para baixo. O homem coloca apenas 6 bilhões, portanto a emissões humanas representam 3%. Se nessa conferência conseguirem reduzir a emissão pela metade, o que são 3 bilhões de toneladas em meio a 200 bilhões?Não vai mudar absolutamente nada no clima.

UOL: O senhor defende, então, que o Brasil não deveria assinar esse novo protocolo?

Molion: Dos quatro do bloco do BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China), o Brasil é o único que aceita as coisas, que “abana o rabo” para essas questões. A Rússia não está nem aí, a China vai assinar por aparência. No Brasil, a maior parte das nossas emissões vem da queimadas, que significa a destruição das florestas. Tomara que nessa conferência saia alguma coisa boa para reduzir a destruição das florestas.

UOL: Mas a redução de emissões não traria nenhum benefício à humanidade?

Molion: A mídia coloca o CO2 como vilão, como um poluente, e não é. Ele é o gás da vida. Está provado que quando você dobra o CO2, a produção das plantas aumenta. Eu concordo que combustíveis fósseis sejam poluentes. Mas não por conta do CO2, e sim por causa dos outros constituintes, como o enxofre, por exemplo. Quando liberado, ele se combina com a umidade do ar e se transforma em gotícula de ácido sulfúrico e as pessoas inalam isso. Aí vêm os problemas pulmonares.

UOL: Se não há mecanismos capazes de medir a temperatura média da Terra, como o senhor prova que a temperatura está baixando?

Molion: A gente vê o resfriamento com invernos mais frios, geadas mais fortes, tardias e antecipadas. Veja o que aconteceu este ano no Canadá. Eles plantaram em abril, como sempre, e em 10 de junho houve uma geada severa que matou tudo e eles tiveram que replantar. Mas era fim da primavera, inicio de verão, e deveria ser quente. O Brasil sofre a mesma coisa. Em 1947, última vez que passamos por uma situação dessas, a frequência de geadas foi tão grande que acabou com a plantação de café no Paraná.

UOL: E quanto ao derretimento das geleiras?

Molion: Essa afirmação é fantasiosa. Na realidade, o que derrete é o gelo flutuante. E ele não aumenta o nível do mar.

UOL: Mas o mar não está avançando?

Molion: Não está. Há uma foto feita por desbravadores da Austrália em 1841 de uma marca onde estava o nível do mar, e hoje ela está no mesmo nível. Existem os lugares onde o mar avança e outros onde ele retrocede, mas não tem relação com a temperatura global.

UOL: O senhor viu algum avanço com o Protoclo de Kyoto?

Molion: Nenhum. Entre 2002 e 2008, se propunham a reduzir em 5,2% as emissões e até agora as emissões continuam aumentando. Na Europa não houve redução nenhuma. Virou discursos de políticos que querem ser amigos do ambiente e ao mesmo tempo fazer crer que países subdesenvolvidos ou emergentes vão contribuir com um aquecimento. Considero como uma atitude neocolonialista.

UOL: O que a convenção de Copenhague poderia discutir de útil para o meio ambiente?

Molion: Certamente não seriam as emissões. Carbono não controla o clima. O que poderia ser discutido seria: melhorar as condições de prever os eventos, como grandes tempestades, furacões, secas; e buscar produzir adaptações do ser humano a isso, como produções de plantas que se adaptassem ao sertão nordestino, como menor necessidade de água. E com isso, reduzir as desigualdades sociais do mundo.

UOL: O senhor se sente uma voz solitária nesse discurso contra o aquecimento global?

Molion: Aqui no Brasil há algumas, e é crescente o número de pessoas contra o aquecimento global. O que posso dizer é que sou pioneiro. Um problema é que quem não é a favor do aquecimento global sofre retaliações, têm seus projetos reprovados e seus artigos não são aceitos para publicação. E eles [governos] estão prejudicando a Nação, a sociedade, e não a minha pessoa.

fonte: UOl


Deixe o seu comentário

Illuminati – A verdade The truth about the Illuminati Pt 1 e 2

Publicado por sleestackassassin


Deixe o seu comentário

Sweet Misery: A Poisoned World – Parte 01

O aspartamo ou aspartame é uma neurotoxina utilizada para substituir o açúcar comum. Ele tem maior poder de adoçar (cerca de 200 vezes mais doce que a sacarose) e é menos denso. O aspartamo geralmente é vendido junto com outros produtos. É o adoçante mais utilizado em bebidas.

O aspartamo é consumido por mais de 200 milhões de pessoas, em todo o mundo e está presente em mais de 6000 produtos.
Este veneno esta sendo consumido inocentemente pelas pessoas, com aprovação da Organização Mundial de Saúde.

Faça uma pesquisa por “Codex Alimentarius” e você ficará surpreso com as proporções que isso vem tomando.

Obs: Não fui eu quem legendou o video, apenas mesclei as legendas a ele. Mesmo que em alguns momentos tenham dificuldade de acompanhar a legenda por conta da cor, vale a pena assistir ao documentário

Publicado por libertas000


Deixe o seu comentário

Alex Jones: A Mentira de Obama (The Obama Deception) 11

NO INFRINGEMENT OF COPYRIGHT IS INTENDED

obama-brainThe Obama Deception – A Mentira de Obama é o mais novo documentário do produtor Alex Jones onde destrói por completo o mito de que Barack Obama esteja trabalhando no melhor dos interesses do povo americano.

O fenómeno de Obama é uma mentira maquinada cuidadosamente para liderar a NOva Ordem Mundial. Obama foi apresentado como o salvador em uma tentativa de enganar o povo americano com o fim de aceitar a escravidão mundial.

Já não se trata de esquerda ou direita, de comunismo ou sistema de liberdades, do que realmente se trata até agora de forma encoberta é de um Governo Mundial.

Este documentário cobre: Para quem Obama trabalha, as mentiras que disse e sua verdadeira agenda. Se você quer saber dos factos e passar por cima de toda essa ladainha messiânica, este filme é para você.

http://www.prisionplanet.com
http://www.infowars.com

Publicado por deusmihifortis


1 Comentário

Zeitgeist Addendum (Legendado) 12/12

Publicado por lucask8nunes

Site Oficial do documentario:
http://www.zeitgeistmovie.com/

Site Oficial do Projeto Venus:
http://www.thevenusproject.com/

Site do Zeitgeist Moviment:
http://thezeitgeistmovement.com/

A Revolução é Agora


Deixe o seu comentário

Zeitgeist Addendum (Legendado) 11/12

Publicado por lucask8nunes

Site Oficial do documentario:
http://www.zeitgeistmovie.com/

Site Oficial do Projeto Venus:
http://www.thevenusproject.com/

Site do Zeitgeist Moviment:
http://thezeitgeistmovement.com/

A Revolução é Agora


Deixe o seu comentário

Zeitgeist Addendum (Legendado) 9-10/12


Publicado por lucask8nunes

Site Oficial do documentario:
http://www.zeitgeistmovie.com/

Site Oficial do Projeto Venus:
http://www.thevenusproject.com/

Site do Zeitgeist Moviment:
http://thezeitgeistmovement.com/

A Revolução é Agora


6 Comentários

Zeitgeist Addendum (Legendado) 7-8/12

Publicado por lucask8nunes

Site Oficial do documentario:
http://www.zeitgeistmovie.com/

Site Oficial do Projeto Venus:
http://www.thevenusproject.com/

Site do Zeitgeist Moviment:
http://thezeitgeistmovement.com/

A Revolução é Agora


2 Comentários

Zeitgeist Addendum (Legendado) 5-6/12

Publicado por lucask8nunes

Site Oficial do documentario:
http://www.zeitgeistmovie.com/

Site Oficial do Projeto Venus:
http://www.thevenusproject.com/

Site do Zeitgeist Moviment:
http://thezeitgeistmovement.com/

A Revolução é Agora


12 Comentários

Zeitgeist Addendum (Legendado) 3-4/12

α

Ω

Publicado por lucask8nunes

Site Oficial do documentario:
http://www.zeitgeistmovie.com/

Site Oficial do Projeto Venus:
http://www.thevenusproject.com/

Site do Zeitgeist Moviment:
http://thezeitgeistmovement.com/

A Revolução é Agora


3 Comentários

Esoteric Agenda 11/12 /13- LEGENDADO

ADVERTÊNCIA

Este documentário contém informações muito polémicas sobre toda a nossa realidade, tudo que você acreditou até agora. se você acha que não está preparado para descobrir os segredos da Matrix, recomendamos que não assista a esse vídeo.

Existe uma Agenda Esotérica atrás de cada faceta de nossa vida que até então acreditávamos estar desconexa.
Há uma facção da elite conduzindo a política social, economia, a política, as corporações, algumas ongs, e inclusiva as organizaçoes contra o stablishment.
esse vídeo expoe essa agenda…

Enfim, um documentário IMPRESCINDÍVEL para aqueles que buscam a verdade.

Publicado por deusmihifortis


3 Comentários

Discurso feito pelo Chefe Seattle ao Presidente Franklin Pierce em 1854

“Talvez Sejamos Irmãos” – Carta resposta do Chefe Índio Seattle à proposta de aquisição das terra onde vivia a sua tribo do Presidente dos Estados Unidos da América, Franklin Pierce – 1854.

(Depois do Governo Americano ter dado a entender que desejava adquirir o Território da Tribo)


Os Índios Duwamish habitavam na zona norte do actual estado de Washington, cuja capital Seattle tem o nome do Chefe Índio que proferiu o discurso, conhecido como a Carta do Chefe Índio, que é considerada como um dos mais belos manifestos ecológicos. Após a cedência das terras os índios Duwamish migraram para a reserva Port Madison onde está sepultado o Chefe Seattle.

“O Grande Chefe de Washington comunicou-nos o seu desejo de comprar as nossas terras. O Grande Chefe assegurou-nos também da sua amizade e de quanto nos preza. Isso é muito generoso da sua parte, pois sabemos que ele não necessita da nossa amizade.

Porém, vamos considerar a sua oferta, pois sabemos que se o não fizermos, o homem branco virá com armas e tomará as nossas terras.

Mas, como pode comprar ou vender o céu e o calor da terra? Tal ideia é estranha para nós. Se não somos os proprietários da pureza do ar ou do resplendor da água, como podes comprá-los a nós?

Cada torrão desta terra é sagrado para meu povo. Cada folha reluzente de pinheiro, cada praia arenosa, cada clareira e cada zumbido de insecto são sagrados nas tradições e na memória do meu povo. A seiva que corre nas árvores transporta consigo as recordações do homem de pele vermelho. O homem branco esquece a sua terra natal, quando, depois de morto vai vagar por entre as estrelas. Os nossos mortos nunca esquecem a beleza desta terra, pois ela é a mãe do homem de pele vermelha. Somos parte destas terras como elas fazem parte de nós.

As flores perfumadas são nossas irmãs; o veado, o cavalo, a grande águia – são nossos irmãos. As cristas rochosas, as seivas das pradarias, o calor que emana do corpo de um pónei e o próprio homem, todos pertencem à mesma família.

Assim, quando o Grande Chefe de Washington manda dizer que deseja comprar nossa terra, ele exige muito de nós. O Grande Chefe manda dizer que nos reservará um lugar em que possamos viver confortavelmente e que será para nós como um pai e que nós seremos seus filhos. Vamos considerar a sua oferta de comprar a nossa terra, embora isso não seja fácil, pois esta terra é sagrada para nós.

A água cintilante dos rios e dos regatos não é apenas água, é o sangue dos nossos antepassados. Se vendermos a nossa terra, terás de te lembrar que ela é sagrada e deverás ensiná-lo aos teus filhos e fazer-lhes saber que cada reflexo na água límpida dos lagos fala do passado e das recordações do meu povo. O murmúrio das águas é a voz do pai de meu pai. Os rios são nossos irmãos, matam-nos a sede, transportam-nos nas canoas e alimentam os nossos filhos. Se vendermos a nossa terra, terás de te lembrar e ensinar aos teus filhos que os rios são nossos e vossos irmãos, e terás de dispensar-lhes a bondade que darias a um irmão.

Nós sabemos que o homem branco não compreende o nosso modo de viver. Para ele um pedaço de terra vale o mesmo que outro, porque ele é um forasteiro que chega na calada da noite e tira da terra tudo o que necessita. A terra não é sua irmã, mais sua inimiga, e depois de a conquistar prossegue o seu caminho. Deixa para trás as sepulturas dos seus antepassados e isso não o importa. Apodera-se das terras dos seus filhos e isso não o inquieta. Ele considera a terra, sua mãe, e o céu, seu irmão, como objectos que podem ser comprados, saqueados ou vendidos como ovelhas ou miçangas cintilantes. Na sua voracidade arruinará a terra e deixará atrás de si apenas um deserto.

Não sei. Nossos caminhos diferem dos vossos. As vossas cidades ferem os olhos do homem de pele vermelha. Não há lugares calmos nas cidades do homem branco. Não há sítios onde se possa ouvir as folhas a desabrochar na primavera ou o zunir das asas dos insectos. O barulho que tudo domina ofende os ouvidos do homem de pele vermelha. Para que serve a vida se um homem não pode escutar o grito solitário do noitibó ou a lengalenga nocturna das rãs à volta de um pântano ? Sou um homem de pele vermelha e não compreendo, talvez porque os homens de pele vermelha são selvagens e ignorantes. O índio prefere o suave sussurro do vento roçando a superfície de uma lagoa e o perfume do ar lavado pela chuva do meio-dia ou carregado do aroma dos pinheiros.

O ar é precioso para o homem de pele vermelha, porque todas as criaturas partilham a mesma aragem: os animais, as árvores, o homem todos respiram o mesmo ar. O homem branco parece indiferente ao ar que respira. Como um moribundo em prolongada agonia, ele é insensível ao ar fétido. Mas se vendermos as nossas terras, deverás recordar que o ar é precioso para nós, que o ar reparte o seu espírito com toda a vida que ele sustenta. O vento que deu o primeiro sopro de vida ao nosso antepassado recebe também o nosso último suspiro. Se vendermos as nossas terras, deverás conservá-la como um lugar reservado e sagrado, onde o próprio homem branco possa saborear o vento perfumado pelas flores da pradaria.

Assim pois, vamos considerar a oferta para comprar a nossa terra. Se decidirmos aceitar, será com uma condição: O homem branco deverá tratar os animais desta terra como se fossem seus irmãos. Sou um selvagem e não compreendo outros costumes. Eu vi milhares de búfalos a apodrecer na pradaria, abandonados pelo homem branco que os abatia de um combóio em movimento. Eu sou um selvagem que não compreende que o cavalo de ferro fumegante possa ser mais importante do que o búfalo que nós, os índios, matamos apenas para o sustento de nossa vida.

O que seria do homem sem os animais? Se todos os animais desaparecessem, o homem morreria de uma grande solidão de espírito. Porque tudo quanto acontece aos animais não tarda a acontecer ao homem. Todas as coisas estão relacionadas entre si.

Deverão ensinar aos vossos filhos que o chão debaixo dos seus pés é feito das cinzas dos nossos antepassados. Ensinem aos vossos filhos o que temos ensinado aos nossos: que a terra é nossa mãe. Tudo quanto fere a terra fere os filhos da terra. Se os homens cospem no chão é sobre eles próprios que cospem.

Uma coisa sabemos: a terra não pertence ao homem, é o homem que pertence à terra. Disto temos certeza. Todas as coisas estão interligadas, como o sangue que une uma família. Tudo está relacionado entre si.

Tudo o que acontece à terra acontece aos filhos da terra. Não foi o homem quem teceu a teia da vida, ele não passa de um fio da teia. Tudo que ele fizer à trama, a si próprio fará.

Mas nós vamos considerar a vossa oferta e ir para a reserva que destinais ao meu povo. Viveremos à parte e em paz. Que nos importa o lugar onde passarem os o resto dos nossos dias ? Já não serão muitos. Ainda algumas horas, alguns invernos e não restará qualquer dos filhos das grandes tribos que viveram outrora nestas terras, ou que vagueiam ainda nas florestas. Nenhum estará cá para chorar as sepulturas de um povo tão poderoso e tão cheio de esperança como o vosso. Mas porque chorar o fim do meu povo ? As tribos são constituídas por homens e nada mais. E os homens vão e vêm como as vagas do mar.

Nem o próprio homem branco pode escapar ao destino comum. Apesar de tudo talvez sejamos irmãos, veremos. Mas, nós sabemos uma coisa, que o homem branco talvez venha a descobrir um dia, o nosso Deus é o mesmo Deus. Ele é o Deus dos homens e a Sua misericórdia é a mesma para o homem de pele vermelha e para o homem branco. A terra é preciosa aos olhos de Deus e quem ofende a terra cobre o seu criador de desprezo. O homem branco perecerá também e, quem sabe, antes de outras tribos. Continuem a macular o vosso leito e irão sufocar nos vossos desperdícios.

Mas na vossa perdição brilhareis em chamas ofuscantes acendidas pelo poder de Deus que vos conduziu e que, por desígnios só por Ele conhecidos, vos deu poder sobre estas terras e sobre o homem de pele vermelha. Este destino é para nós um mistério. Não o compreendemos quando os búfalos são massacrados, os cavalos selvagens subjugados, os recantos secretos das florestas ficam impregnados do odor de muitos homens e as colinas desfiguradas pelos fios falantes. Onde está a floresta virgem ? Desapareceu. Onde está a águia ? Morreu. Qual o significado de abandonar os póneis e a caça ? É parar de viver e começar a vegetar.

É nestas condições que vamos considerar a oferta da compra das nossas terras. E se aceitarmos será apenas para ficarmos seguros de recebermos a reserva que nos prometeram. Talvez aí possamos acabar os nossos dias e quando o último homem de pele vermelha tiver desaparecido desta terra, e a sua recordação não for mais do que a sombra de uma núvem deslizando na pradaria, estes lugares e estas florestas abrigarão ainda os espíritos do meu povo. Assim se vendermos as nossas terras amai-as como as temos amado e cuidai delas como nós cuidámos. E com toda a vossa força e o vosso poder conservem-na para os teus filhos e amem-na como Deus nos ama a todos.

Sabemos uma coisa: o nosso Deus é o mesmo Deus. Ele ama esta terra. O próprio homem branco não pode fugir ao mesmo destino. Talvez sejamos irmãos, veremos.


1 Comentário

Esoteric Agenda 7/8 – LEGENDADO

ADVERTÊNCIA

Este documentário contém informações muito polémicas sobre toda a nossa realidade, tudo que você acreditou até agora. se você acha que não está preparado para descobrir os segredos da Matrix, recomendamos que não assista a esse vídeo.

Existe uma Agenda Esotérica atrás de cada faceta de nossa vida que até então acreditávamos estar desconexa.
Há uma facção da elite conduzindo a política social, economia, a política, as corporações, algumas ongs, e inclusiva as organizaçoes contra o stablishment.
esse vídeo expoe essa agenda…

Enfim, um documentário IMPRESCINDÍVEL para aqueles que buscam a verdade.

Publicado por deusmihifortis


1 Comentário

Esoteric Agenda 5/6 – LEGENDADO

ADVERTÊNCIA

Este documentário contém informações muito polémicas sobre toda a nossa realidade, tudo que você acreditou até agora. se você acha que não está preparado para descobrir os segredos da Matrix, recomendamos que não assista a esse vídeo.

Existe uma Agenda Esotérica atrás de cada faceta de nossa vida que até então acreditávamos estar desconexa.
Há uma facção da elite conduzindo a política social, economia, a política, as corporações, algumas ongs, e inclusiva as organizaçoes contra o stablishment.
esse vídeo expoe essa agenda…

Enfim, um documentário IMPRESCINDÍVEL para aqueles que buscam a verdade.

Publicado por deusmihifortis


3 Comentários

«Educação ou Armadilha Pedagógica»: Education Round Table, o bilderberg da educação

ordo ab chao - create chaos then control the order that comes out of it

Ainda em período de prendas e reflexões trago para aqui um livro que não li, a não ser o excerto  que, já não sei por que forma me chegou em PowerPoint, o qual na altura me impressionou e que guardei sem na altura saber sequer o nome do autor. Mais tarde pesquisei na Net e julgo ter encontrado a referência do livro, o qual ainda não adquiri por mero esquecimento.

Educação ou armadilha pedagógica

Manuel Cidalino Cruz Madaleno – Papiro Editora

2006, 110 pp

Já houve uma altura em que enviei o Powerpoint por mail para algumas pessoas, mas depois ele permaneceu esquecido, guardado algures na memória do meu computador, pelo que instintivamente por economia me escuso a conservar na minha. No entanto hoje, assim que li esta notícia no Público, lembrei-me imediatamente de o colocar aqui.

Julgo que a educação continua e deve continuar no próximo ano a ser um tema quente porque a luta pela preservação da escola pública não pode nem deve esmorecer, antes pelo contrário; existem nela alguns factores que tornam a questão do ensino uma questão central para quem como nós deseja ajudar a entreabrir portas por onde a revolução há-de passar: os sindicatos dos professores conseguiram unir-se numa  frente única – a plataforma sindical dos professores (esta já não se pode cingir a uma mera função corporativista, visto que se comprometeu a defender a escola pública, luta muito mais abrangente que deverá envolver os pais e os cidadãos em geral); a plataforma sindical já não age apenas de acordo com os interesses dos professores sindicalizados ou dos partidos que estão por detrás dos sindicatos, os quais já deram provas de conter a luta em vez de a usar como motor de arranque; a plataforma tem sido impelida  a  endurecer  a  luta pelos milhares de manifestantes com que se comprometeu; se essa unidade sindical foi possível (entre a FENPROF e a FNE) também poderá a exemplo ser possível entre as duas grandes centrais sindicais; estas têm a faca e o queijo na mão para poderem mobilizar os trabalhadores impelindo-os a defender os direitos do trabalho afrontados pelo código laboral e a unirem a sua luta à luta dos professores, pois é preciso não esquecer que os ataques e os objectivos são semelhantes e que a escola pública atinge todos os trabalhadores com filhos na escola pública.

Recomendo a leitura do texto, que é apenas um excerto, e a sua divulgação para que os cidadãos tomem verdadeira consciência do que está em causa quando se fala em defender a escola pública portuguesa. Por mim tenciono adquirir o livro e lê-lo na íntegra.

Calculo que não vão gostar do que lerem tanto como eu não gostei.

Aproveito para desejar que 2009 nos traga a todos renovadas energias para vencer o Capitalismo, verdadeiro obstáculo civilizacional.

quem-governa-a-educacao-13quem-governa-a-educacao-2quem-governa-a-educacao-3quem-governa-a-educacao-4quem-governa-a-educacao-5quem-governa-a-educacao-6quem-governa-a-educacao-7quem-governa-a-educacao-8

In O Libertário



2 Comentários

Esoteric Agenda 3/4 – LEGENDADO

ADVERTÊNCIA

Este documentário contém informações muito polémicas sobre toda a nossa realidade, tudo que você acreditou até agora. se você acha que não está preparado para descobrir os segredos da Matrix, recomendamos que não assista a esse vídeo.

Existe uma Agenda Esotérica atrás de cada faceta de nossa vida que até então acreditávamos estar desconexa.
Há uma facção da elite conduzindo a política social, economia, a política, as corporações, algumas ongs, e inclusiva as organizaçoes contra o stablishment.
esse vídeo expoe essa agenda…

Enfim, um documentário IMPRESCINDÍVEL para aqueles que buscam a verdade.

Publicado por deusmihifortis


1 Comentário

Prenda de Natal


Este filme que está na net é a minha prenda de Natal para todos. Vejam-no do princípio ao fim porque vai mudar a forma como olham para aquilo que nos mostram como sendo a realidade. Talvez até encontrem lá algumas respostas e objectivos para descrença que trespassa este país.

PS: Cortesia do “Sinistra Ministra” que me arranjou o video para colocar no blog.

Wehavethekaosinthegarden


3 Comentários

Chemtrails:rastros químicos deixados na atmosfera por aviões estranhos

Chemtrails

Chemtrails são rastros químicos, deixados na atmosfera por certos aviões sinistros.
Chem ( chemical, químicos) Trail ( fuga, os rastros de emissões desses químicos, fugas lançadas pelos aviões ).
Consta que a diferença entre rastros normais e chemtrails é que os chemtrails são mais densos , permanecem mais tempo visíveis no céu, aparecem em várias formas ( em cruz, em x, significando que os aviões passaram em direcções diferentes cruzando-se, outras vezes eles deixam rasto e voltam para trás e andam ás voltas no céu deixando rastos, isso não poderia ser a simples passagem de um avião comercial que segue no mesmo sentido).

Quando esses rastos químicos vão alastrando no céu, devido ao vento e a perder altitude, por vezes formam largas “nuvens cirrus” falsas.
Dizem falsas, porque as nuvens cirrus verdadeiras só se formam acima dos 20 mil pés de altitude ,consistem em cristais de gelo , precedem uma tempestade.
As nuvens causadas por chemtrails estão muito mais baixas.


Normalmente essas descargas na atmosfera são realizadas durante a madrugada.
Alguns observadores atentos , ao amanhecer, conseguiram fotografar aviões militares Kc-135 e Kc-10 fazendo isso.
Infelizmente, no mundo há pouquíssimos aviões com capacidade de analisar essas substâncias deixadas pelos chemtrails, e voar a essa altitude para fazer análises na atmosfera, ninguém parece interessado nisso.

Suspeita-se (são apenas suspeitas) que esses rastros sejam uma tentativa de modificação atmosférica, ou guerra biológica, de facto vêm surgindo novos vírus , epidemias como a sars, e mais…

Você se reparar no céu, verá muitos rastos de aviões comerciais, tente olhar o céu ao amanhecer, por vezes aparecem rastos bem diferentes, cruzados, e um cheiro estranho no ar.

Em certas zonas dos EUA , no chão foram encontradas estranhas fibras sintéticas, algumas horas após a passagem de tais aviões. Posteriores análises ( junto fotos) revelaram que:

-São fibras um pouco elásticas e peganhentas

-Algumas parecem-se com teias de aranha, mas não o são.


Nas imagens abaixo, podemos ver alguns testes realizados.
Administraram ácido sulfúrico a teias de aranha, e também ás fibras encontradas no chão, para comparar as diferenças entre ambas.
Adicionaram ainda químicos para cabelo, acetona, entre outros.
As imagens foram ampliadas 150 vezes, a microscópio.

..         .          .        .

..            .      .         .  .
. fonte das imagens : http://www.carnicom.com/contrails.htm  , mas eu adaptei para português.

In Realidadeoculta

Publicado por TheRealLawnMowerMan


4 Comentários

O que é a Nova Ordem Mundial?

Joseph Biden Or Joe Biden do Clube de Bilderberg

Nearly every person elected as president of the United States since then – and nearly every opponent – has belonged to a secretive, globalism-oriented organization known as the Council on Foreign Relations.

Some presidents and their challengers have belonged to additional clubs of internationalists – the Bilderberg Group and the Trilateral Commission. Running mates, too, more often than not have had ties to the groups.

That the groups exert enormous influence on public policy is indisputable. What is disputed is whether such groups are, as adherents and members argue, just discussion forums for movers and shakers, or, as critics have long alleged, secret societies shaping a new world order from behind the scenes. On that last point at least, no one could challenge the critics: All these groups operate in considerable secrecy, away from the scrutiny of the American public.

Regardless of how one characterizes them, the fact that virtually all presidents belong to the same secret clubs prompts the author of a new book to wonder if the 2008 election will also be a contest between globalist insiders. Judging from the list of frontrunners of each party, Daniel Estulin, author of “The True Story of the Bilderberg Group,” may be on to something.

According to a variety of sources, the following presidential candidates are either members of one of the groups or have strong ties: Hillary Rodham Clinton, Rudy Giuliani, Mitt Romney, Barack Obama, John McCain, John Edwards, Fred Thompson, Joe Biden or Joseph Biden, Chris Dodd and Bill Richardson.

In WorldNetDaily

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

A Nova Ordem Mundial é um conceito sócio-econômico-político que faz referência ao contexto históricomundo pós-Guerra Fria. A expressão foi pela primeira vez usada pelo presidente norte-americano Ronald Reagan na década de 1980, referindo-se ao processo de queda da União Soviética e ao rearranjo geopolítico das potências mundiais. do

A Nova Ordem Mundial foi o que o presidente Bush chamou de ordem multipolar, onde novos pólos económicos estavam surgindo, entre eles, Japão, China, Rússia e União Europeia. Quando deu início a nova ordem mundial, a rivalidade entre os sistemas económicos opostos, a classificação dos países em 1º, 2º e 3º mundo e a ordem bipolar, EUA e URSS, deixaram de existir.

O termo Nova Ordem Mundial tem sido aplicado de forma abrangente, dependendo do contexto histórico, mas de um modo geral, pode ser definido como a designação que pretende compreender uma radical alteração, e o surgimento de um novo equilíbrio, nas relações de poder entre os estados na cena internacional.

Num contexto mais moderno, percebe-se muitas vezes esta referência ser feita a respeito das novas formas de controle tecnológico das populações, num mundo progressivamente globalizado, descrevendo assim um cenário que aponta para uma evolução no sentido da perda de liberdades e um maior controle por entidades distantes, com o quebramento da autonomia de países, grupos menores em geral, e indivíduos.

Esta descrição ganha por vezes traços de natureza conspirativa, mas pode também não ser necessariamente esse o caso. Este conceito é muitas vezes usado em trabalhos académicos, notavelmente no domínio das Relações Internacionais, onde se procura traçar cenários realistas, com base em fatos, acerca do impacto de novos elementos da sociedade moderna e de como esta evolui. Um exemplo de um tema nesta disciplina é a chamada revolução dos assuntos militares, em que se procura discutir o impacto das novas tecnologias na forma de se fazer a guerra.

Objetivos da Nova Ordem Mundial

Para começarmos a entender a Nova Ordem Mundial (NOM) você precisa esquecer o que lhe foi dito sobre as diferenças filosóficas entre os Republicanos e Democratas, esquerda e direita, socialistas e libertários, capital e trabalho, revolucionários e conservadores, brancos e negros, etc. Os planificadores da Nova Ordem Mundial sabem que devem usar, influenciar, e prover para que todos esses grupos alcancem os objetivos perseguidos, que são:

  1. Consolidar tudo;
  2. Comercializar tudo;
  3. Classificar tudo;
  4. Reivindicar tudo;
  5. Controlar tudo.

Se esses objectivos forem totalmente implementados, a liberdade de expressão, de personalidade, de metas e decisões pessoais, de responsabilidade individual, propriedade privada, empresa privada, moralidade, governos constitucionais, soberania nacional e liberdade religiosa não serão mais tolerados. Todas as pessoas, de todas as nações, estarão sujeitas ao sistema de gerenciamento da NOM. Para citar o matemático e filósofo francês Auguste Comte (1798-1856), um dos mais importantes planificadores do sistema mundial de gerenciamento:

“O objectivo mais importante desse Estado regenerado é a substituição dos Direitos por Deveres; subordinando assim as considerações pessoais pelas sociais. A palavra Direito deve ser excluída da linguagem política, assim como a palavra Causa da linguagem filosófica.” (tradução nossa) [1]

“A única vida real é a vida colectiva da raça; a vida individual não tem existência, excepto como uma abstracção.” (tradução nossa) [2]

Ele também escreveu: “Quando o sistema estiver totalmente regulado, o efeito será assegurar uma maior unicidade, ao diminuir a influência do carácter pessoal.” (tradução nossa) [3] Isso significa que para os planificadores do sistema mundial de gerenciamento da NOM, você, como indivíduo, é considerado sem carácter ou personalidade. Sua vida pessoal e seus objetivos individuais não são relevantes para eles, a não ser que esses objetivos estejam em conformidade com as metas sociais, económicas e religiosas da Nova Ordem Mundial.

Agrupando as Pessoas Para Poder Controlá-las

É interessante investigar como essa conquista foi implementada. Como tudo que está ligado à nova Ordem Mundial, o CONTROLE é obtido por meio dos grupos de influência, mais particularmente dos líderes. A razão é que as pessoas que estão envolvidas emocionalmente com os grupos submetem-se à liderança. Elas também tendem a sentir uma fidelidade de CLASSE. Por exemplo, quando as autoridades eleitas se CONSOLIDAM em grupos para se encontrarem com autoridades de outras áreas, elas frequentemente se deixam levar pela oratória e pelo espírito de camaradagem. No entanto, elas podem não entender completamente as implicações das ideias que são promovidas por oradores cuidadosamente selecionados e promovidas pelos facilitadores; as autoridades são manipuladas para sentirem-se na obrigação de apoiar o que o grupo apoia. Ao entregar sua lealdade a esses grupos secundários, as autoridades eleitas frequentemente traem o principal juramento de lealdade para com você e os cidadãos dos estados, cidades e países a quem supostamente deveriam servir. O CONTROLE das autoridades do governo, educadores, congressistas, legisladores, homens de negócios, vereadores, juntas escolares, etc., por meio das organizações é parte do plano da NOM para a substituição da Constituição por tal sistema.

Por meio da CONSOLIDAÇÃO de organizações “cortinas de fumaça” nacionais ou internacionais, uma pessoa ou um pequeno grupo de pessoas podem tomar decisões e definir metas para centenas de milhares, até mesmo para milhões de pessoas. Eles podem definir os objectivos para você caso você não reclame. Lembre-se sempre que quem define os objectivos, ou apresenta a você aquilo que eles chamam de visão, missão, ou propósito, CONTROLA o seu comportamento. É melhor que você entenda completamente todos esses compromissos que lhe são propostos.

In Guia do Estudante Esperto


1 Comentário

O gelo no Ártico cresce 30 por cento num ano. Arrefecimento ou Aquecimento?

As predições do degelo neste Verão pela  primeira vez na história foi completamente desacreditada.

Paul Joseph Watson
Planeta da prisão
Terça-feira, agosto 19, 2008

Os cientistas  alarmistas que previram que o  degelo do Pólo Norte  este verão em consequência do aquecimento global ficaram embaraçados depois que se  ter revelado  que o gelo no Ártico cresceu realmente perto de 30 por cento desde o  Agosto 2007.


Há um ano atrás , em junho, as numerosas vozes proeminentes da comunidade científica expressaram medos de um derretimento maciço dos calotes polares , incluindo  David Barber, da universidade de Manitoba, que disse ao National Geographic Magazine, “nós  projectamos realmente para este ano que o Pólo Norte pode estar livre do gelo pela primeira vez [na história].”


“No Clima deste Verão”, prevê-se incomuns eventos de derretimento  em torno do Ártico-serão um aviso extremo de como as regiões polares estão sendo afectadas rapidamente pela mudança de clima,” informa o artigo.

Em fevereiro, o Dr. Olav Orheim, Chefe do secretariado polar internacional norueguês , disse Xinhua, “se a temperatura média de Noruega  deste ano for semelhante ao de 2007, o calote polar no ártico derretará todo , que é  altamente possível dadas as circunstâncias actuais.”

Como por sinal, a realidade não combinou com a campanha publicitária dos alarmistas do clima.

De acordo com dados ordenados do centro do voo espacial da NASA Marshall e das Universidades de Illinois, a extensão do gelo Ártico era 30 por cento maior  em 11 de Agosto de 2008 do que em 12 de  Agosto de 2007. Esta é uma estimativa conservadora baseada na projecção de mapas.

Os pixéis azuis representam a cobertura do gelo que aumentou sobre o Pólo Norte desde o ano  2007.

O vídeo abaixo destaca as diferenças entre aquelas duas datas,” relata o registo. “Como pode ver, o gelo cresceu em quase todos os  sentidos desde o verão passado – com um grande aumento no norte da área de Sibéria. Igualmente note que a área em torno da passagem noroeste (ao oeste da Gronelândia) houve um aumento significativo do gelo. Algumas das Ilhas do arquipélago Canadense estão cercados por mais gelo do que se encontravam durante o verão de 1980.

Como nós relatamos na semana passada, um observatório importante que tem medido os ciclos solares num período de 200 anos prevê que as temperaturas globais descerão dois graus durante as próximas duas décadas assim como a actividade solar diminuirá e o planeta esfriará drasticamente , anunciando um potencial  início de uma nova idade do gelo .

Enquanto a comunicação social, Al Gore e os corpos politicos como o alarmista do IPCC  alertava sobre os perigos do aquecimento global e exigiam  impostos sobre CO2 que a classe média e pobre terão de pagar, tanto os duros dados científicos e as provas evidentes e  circunstanciais apontam para  uma tendência arrefecimento.

In Prision Planet