Catarse

Toda a alma é imortal, porque aquilo que se move a si mesmo é imortal.


Deixe o seu comentário

Nokia Protests Hit the Streets


The campaign to get Nokia to end its technical collaboration with the Iranian regime has hit the streets. Activists on both coasts of the US rallied outside prominent Nokia locations to increase the pressure on the telecom corporation. Meanwhile, nearly 10,000 people have sent letters to Nokia officials in protest, and several states and major cities are considering divesting from Nokia over its dealings in Iran.

On July 15, activists in Boston and Los Angeles hit the streets. First, outside the MIT-affiliated Nokia Research Center, a crowd of activists rallied for over an hour. “Nokia out of Iran” went the cry. Hundreds of passerby and employees of the Nokia Research Center were handed materials and encouraged to boycott Nokia until it withdraws from Iran. In a symbolic protest, one activist punctuated his speech by shattering his Nokia cell phone on the pavement outside the center (see photo above). Later that evening in Los Angeles, activists gathered outside the Nokia Theater during the taping of an ESPN awards show in a parallel protest.

The next day in Washington DC, student activists raised awareness about the struggle in Iran in a unique way: flash mobs. In five separate public locations, including the Lincoln Memorial, dozens of participants wearing green froze in place, flyers in hand, for up to 5 minutes. The curious display attracted the attention of hundreds of bystanders, who were given information about Nokia and Iran. Activists also froze in the streets during stop lights, mimicking the street protests going on in Iran. Explained organizer Jeehan Faiz of Project Nur: “We want those who are in the streets, braving tear gas, bullets, and rocks to know that we believe in a common goal- civil rights in Iran.”

C.R.I.M.E. report


Deixe o seu comentário

Iran Election Results:Mirhossein Mousavi the winner

Iran Election Results reported Passed to Iranian Opposition

June 20, 2009 ·

Think the CIA,
thus Obama,
has not known about this letter?

not yet independently confirmed copy of election results in Iran

not yet independently confirmed copy of election results in Iran

English Translation:

Your Honor the Supreme Leader Ali Khamenei,

Good Day,

After your worry about the election results and because you have asked for a confirmation that Mr. Mahmoud Achmadinejad has won the election, the situation shall be handled in this way, that the election results of the Islamic Republic shall be the most serviceable to your liking. Preparations have been made for all possible developments; the candidates for President have been warned and the leaders of political movements are being closed monitored and watched.

I want to hereby share with you the true results of the election:

Total registered votes: 42,026,078

Mir Hussein Moussavi Chameneh: 19,075,623

Mehdi Charubi: 13,387,104

Mahmoud Achmadinejad: 5,698,417

Mohsen Rezai: 3,754,218

Invalid/Spoiled Votes: 38,716

____________________

This letter detailing the supposed true Iran election results showing Mirhossein Mousavi as a land slide winner is reported to have been handed out by the thousands and thousands and thousands to Opposition Supporters in Iran.


Let’s see what is being reported about this letter at LiveLeak.com…


Robert Fisk: Secret letter ‘proves Mousavi won poll’ ??

Continuar a ler


Deixe o seu comentário

Siemens e Nokia ajudam Irão a censurar a Internet

22-Jun-2009

Censura na NetUma joint-venture entre a alemã Siemens e a finlandesa Nokia ajudou o regime iraniano a instalar um dos mais sofisticados mecanismos de censura da Internet do mundo, permitindo examinar de forma maciça o conteúdo dos pacotes de dados circulando na rede, sejam eles e-mails, fotos, vídeos ou até chamadas telefónicas pela rede. A notícia é avançada pelo Wall Street Journal.

O “centro de monitorização” instalado pelo governo iraniano na companhia telefónica estatal utiliza uma tecnologia chamada “inspecção profunda de pacotes” que permite não só o bloqueio de comunicações, como também a recolha de informação sobre quem enviou os dados, que podem ser até alterados para objectivos de desinformação.

Ben Roome, porta-voz da joint-venture, a Nokia Siemens Networks, confirmou a informação ao Wall Street Journal. O centro de monitorização foi instalado no segundo semestre de 2008.

A tecnologia consiste em inserir equipamento num fluxo online de dados, de e-mails e chamadas de net-phones a imagens e mensagens em redes sociais. Cada pacote de dados é desconstruído, examinado por palavras-chave e reconstruído em milissegundos. No caso do Irão, isto é feito num único ponto por onde passam todos os dados. “Não sabíamos que podia fazer tanta coisa”, disse um engenheiro de redes em Teerão, citado pelo jornal. “Agora sabemos que eles têm ferramentas poderosas que lhes permitem fazer um rastreamento muito complexo na rede”.

O uso destas ferramentas permitiria explicar por que o governo iraniano tem mantido a Internet a funcionar – ao contrário do sistema de SMS dos telemóveis, por exemplo, que foi bloqueado -, mas também por que o acesso ficou tão lento. Calcula-se que haja 23 milhões de cibernautas no Irão.

Organizações de direitos humanos criticaram a venda de equipamentos deste tipo ao Irão e a outros regimes considerados repressivos, por serem usados para reprimir dissidentes.

Ouvido pelo Wall Street Journal, o porta-voz da Nokia Siemens Networks disse que a empresa “decide sobre se faz ou não negócios num país. Acreditamos que fornecer às pessoas, onde quer que estejam, a possibilidade de comunicar, é preferível a deixá-las sem a escolha de serem ouvidas.”

O problema é que essa escolha pode custar muito caro aos iranianos vítimas de uma tecnologia europeia.


Deixe o seu comentário

Iran Activists Get Assist from ‘Anonymous,’ Pirate Bay

  • By Noah Shachtman 

Iranian democracy activists, meet your new pals: a masked protest movement best known for needling the Church of Scientology, and a group of file-sharers so infamous they’re facing a year in jail.

Anonymous Iran is a collaboration between The Pirate Bay — operators of the world’s largest torrent site, convicted in April of copyright infringement — and Anonymous, the prankster collective dedicated to exposing “Scientology’s crimes.”

The new site offers tips on how to navigate online in private, upload files through the Iranian firewall, find the best activist Tweeters, and launch attacks on pro-government websites.

This week, The Pirate Bay launched its virtual private network service that promises to mask users’ indentities online. More than 180,000 people have already signed up. Earlier this month, Sweeden’s Pirate Party won a seat in the European Union Parliament, after outrage about the file-sharers conviction erupted.

[Active: Linkfilter; Photo: Jim Merithew/Wired.com]

Fonte: Wired


2 Comentários

Right now,tehran 7 tir square 17 june!

Right now,tehran 7 tir square 17 june!

irao17

A source claims the following:

-Khatami, Rafsanjani, Montazeri and Qom scholars are now convinced a partly secular constitution is the only way forward

-Supreme Leader Khamenei has lost all credibility with his handling of the election. It is believed that since he declared the election victory for Ahmadinejad as a ‘Divine assessment’ and then changed course and allowed for a review, he has demonstrated duplicity and an inability to hear the voice of God.

-Montazeri is prepared to step in as interim Supreme Leader

-As we speak, the reformists are planning a new government

I don’t need to say how speculative this is at the moment, but the source it is coming from has been extremely accurate up to this point and is certainly in contact with those who are involved in these procedures. Nonetheless, hold the information only as a possibility until further confirmation is available.

by TML On Medius Oriens

Imagens de Hoje:

irão17airao17birão17d

[Video] Shooting in Tehran protest – تیر اندازی در جریان راهپیمایی در ایران #iranelection

irao17e

Brave Iranians

irao17firao17girao17h

Millions of Mousavi supporters in Tehran; today- June 17, 2009


Deixe o seu comentário

Teerão: Multidão nas ruas contra Ahmadinejad

mousavi

از دوستان خواهشمندم که اين پيام رو بين تمامي عزيزان پخش کنن. مردم و دوستان و حاميان موسوي و کروبي لطفا گل تهيه کنيد و به نيروي ضد شورش و پليس هنگام حمله بهتون تقديم کنيد. از دوستان عاجزانه خواهش مي کنم اين رو بين دوستان پخش کنيد تا بدونند حاميان موسوي اوباش و خاشاک نيستن بلکه بوته ي گلي پيش نيستند – Saman

mousavi2

mousavi3

mousavi 4

mousavi5

mousavi6

mousavi 1

mousavi7

Actualização -

RT from iran: unconfirmed – military has refused orders to shoot protesters

Banho de sangue?

From Iran: CONFIRMED! Army moving into Tehran against protesters! PLZ ReTweet! URGENT!

An Open Letter From Iranians TO The World-Spread it World Wide

RT Almost everything on internet is blocked in Iran, few sites function, all messengers(yahoo, oogle) blocked,

Mideast Iran Presidential Elections

Actalização 2

RToh my god the basij are animals

Iran after election 2009 (Basijis are shooting at civilans )



Deixe o seu comentário

Oposição acusa Ahmadinejad de golpe eleitoral

irao

A oposição iraniana acusa o presidente Ahmadinejad de ter adulterado os resultados eleitorais para se manter no poder. Ao longo deste sábado registaram-se violentos confrontos em Teerão e outras cidades iranianas, com dezenas de detenções de activistas de oposição ao regime. Moussavi, o segundo candidato mais votado, poderá estar sob detenção domiciliária.

Violentos confrontos entre apoiantes de Hossein Moussavi e as forças policiais marcaram este sábado em Teerão, depois de serem divulgados os resultados das eleições realizadas na sexta feira, que deram a Mahmoud Ahmadinejad uma maioria absoluta que lhe permite continuar na presidência do Irão.

Esses resultados têm sido contestados pelos restantes candidatos, que acusam Ahmadinejad de ter perpetrado um “golpe eleitoral” para se manter no poder.

Oposição acusa o regime iraniano de falsear os resultados das eleições - Foto: LusaMohsen Makhmalbaf, realizador de cinema apoiante de Mousavi, revelou à imprensa local que na sua sede de campanha receberam um telefonema do governo, informando da sua provável vitória mas pedindo que não a anunciassem imediatamente. Pouco tempo depois, as mesmas fontes oficiais divulgavam os resultados que davam a Ahmadinejad uma ampla vitória, sem necessidade de segunda volta.

Na sequência dos protestos, dezenas de manifestantes foram detidos pela polícia e o próprio Moussavi deverá encontrar-se em prisão domiciliária, de acordo com informações veiculadas na imprensa internacional. De resto, as sedes de campanha dos candidatos Mousavi e Karroubi foram cercadas pela polícia.

A utilização de alguns sites de internet e de telemóveis também foi altamente dificultada no Irão, impedindo a divulgação de informações sobre o que está a acontecer no país.

Mesmo assim, Moussavi apelou aos seus apoiantes para que se manifestem durante a noite, permanecendo nos terraços das suas casas e gritando (Deus é Grande).

Imagens dos confrontos em Teerão na Galeria de Mousavi no Flickr e no site da BBC .


10 Comentários

Ataque iminente ao Irão

Biggest Newspaper In Holland Says Dutch Intelligence Helped Prepare Imminent Attack On Iran

De Telegraaf front page says sources inside AVID helped CIA map air attack

Steve Watson
Infowars.net

The biggest Newspaper in the Netherlands today devotes its front page to news that the Dutch intelligence agency has helped the CIA prepare for an air attack on Iran which it now believes is imminent.

AVID, Holland’s military intelligence service, has pulled back from operations it was carrying out inside Iran as it believes an American led attack will go ahead within weeks according to De Telegraaf’s sources.

The headline reads:

“AIVD is calling back spy because of US plans
ATTACK ON IRAN IMMINENT”

De Telegraaf reports that the decision has already been made by the U.S.
to attack Iran using unmanned aircraft. Potential targets are said to be nuclear facilities and military installations. The latter have been mapped by the CIA with the help of the Dutch secret service.

Nota: Conscientemente preparemo-nos para assistirmos e sermos partes integrantes de mais uma Guerra, a Guerra contra o Irão decidida pelas altas esferas do Clube de Bilderberg, e da Administração dos Estados Unidos com a conivência da União Europeia que mais não faz do que  concordar com as ordens do Clube de Bilderberg – não fossem esses dirigentes pertencentes a essa Ordem secreta ou quase semi-secreta-. Para estes Senhores do Mundo o Planeta Terra não pode viver em Paz, só em Guerras. Dêem uma oportunidade à Paz.

Rússia recusa mundo dominado pelos Estados Unidos, garante Medvedev 

In Público

Os U.S.A. criaram as condições para um nova Era de Blocos e de confrontações, para uma nova Guerra, que se rá conhecida por  Terceira Guerra Mundial

Profecias, AQUI


Deixe o seu comentário

Irão

Têm que ir para as do Irão…

Hoje vem a terreiro a notícia que as forças americanas retirarão mais cedo das cidades iraquianas, penso que seguindo a previsão de que têm de estar disponíveis para entrarem nas cidades iranianas, tanto mais que o seu amigo presidente paquistanês teve que ir embora, antes que levasse um pontapé no sim senhor, e os rapazinhos que lá ficaram parecem não estar tanto pelos ajustes como o obreiro do golpe de estado de 1999,Pervez Musharraf. Assim, parece tornar-se necessário apressar a retirada da, tão bem recebida, presença pacificadora força americana. Muito bem, pois, tudo indica que os soldados do eixo do bem têm mais que fazer… Aguardemos…

Loose Lips Can Sink Ships (Hat Tip To Instapundit)

Spy Sat Sharpshooter Apparently Now On The Front Lines

In War News Updates

Secret war against Iran underway


Deixe o seu comentário

Ataque de Israel ao Irão está Iminente

A Fox News que é controlada  pela White House/Bush e que manipula os americanos – Veja a notícia aqui

,

Já começou a discutir e a preparar os americanos para a Guerra contra O Irão. Nessa discussão, os Israelitas atacarão o Irão em meados de Outubro ou Setembro de modo a favorecer o candidato Republicano McCain, que é visto pelos Israelitas como uma pessoa forte e agressiva em contraste com Obama que é considerado mole.

Veja aqui a discussão na Fox News:

O Irão anunciou o lançamento para o espaço de um foguetão capaz de transportar satélites, suscitando uma imediata reacção norte-americana, que considerou o facto “inquietante”.”O desenvolvimento e teste de foguetões pelo Irão é uma fonte de inquietação e levanta novas questões quanto às suas intenções”, afirmou Gordon Johndroe, porta-voz da Casa Branca, numa altura em que o Presidente norte-americano George W. Bush se encontra de férias no estado do Texas.

In Público

Irã testa foguete para levar satélite ao espaço

Da BBC Brasil

O Irã anunciou neste domingo que lançou com sucesso seu primeiro foguete capaz de colocar em órbita um satélite artificial.A TV iraniana exibiu imagens do lançamento e disse que ele foi bem-sucedido. Posteriormente, fontes do governo e militares confirmaram o lançamento.

Segundo analistas, a mesma tecnologia usada no foguete recém-lançado poderia ser usada para construir mísseis, mas o Irã nega ter esse tipo de interesse bélico.

Há anos Teerã investe em seu programa espacial, enquanto a comunidade internacional manifesta, preocupação com outro aspecto de seu desenvolvimento tecnológico, o na área nuclear.

In Ciência e Saúde

Reportagem sobre a autorização de Bush para atacar o Irão:

Bush numa entrevista admite ter dado ordens para atacar o Irão:

A Nova Ordem Mundial concretizado através do filho Bush. Reportagem da CNN.


Deixe o seu comentário

Moscow fears Georgian provocations as Russian forces withdraw. Mikhail o Mentiroso

Russian military forces are returning to their starting positions in the Georgian-South Ossetian conflict zone – despite Russian military concerns over provocations from the Georgian side. The withdrawal is part of a six-point plan drawn-up by Russia and France and follows a weekend conversation between President Dmitry Medvedev and French leader Nicolas Sarkozy.

Meanwhile, the Deputy Chief of the Russian General Staff, Anatoly Nogovitsyn, has said Georgian units are attempting to increase their combat readiness and have intensified ‘subversive’ operations against Russian servicemen.

In Russia Today

GORI, Georgia – Russian tanks and troops roamed freely around Gori on Monday and made forays toward the Georgian capital, keeping control of the highway that slices through Georgia’s midsection despite Russia’s announcement that a withdrawal had begun.

The movements of Russian forces around the key city of Gori raised questions about whether Russia was fulfilling its side of the cease-fire intended to end the short but intense fighting that reignited Cold War tensions.

The deputy chief of the Russian general staff, Col.-Gen. Anatoly Nogovitsyn, told a briefing in that “today, according to the peace plan, the withdrawal of Russian peacekeepers and reinforcements has begun” and said forces were leaving Gori.

But Russian military vehicles roared along roads in and around Gori on Monday and Russian troops were restricting access to the city, where shops were shut and people milled around on the central square with its statue of the Soviet dictator and native son Josef Stalin.

“The city is a cold place now. People are fearful,” said Nona Khizanishvili, 44, who fled Gori a week ago for an outlying village and returned Monday, trying to reach her son in Tbilisi.

Yahoo! News

Krajina, Not Kosovo

Ossetia as botched Balkans replay

by Nebojsa Malic

Six days ago, as most of the world was watching the opening ceremonies of the Olympics in Beijing, Georgian troops attacked the self-proclaimed Republic of South Ossetia. Russia quickly intervened, ousting Georgian forces from the region and attacking Georgian military bases. Despite the training and weapons supplied by the U.S. and Israel, the Georgian military quickly collapsed. President Mikheil Saakashvili, installed in power in 2003 by a CIA-sponsored “Rose Revolution,” pleaded for help from his patrons, painting himself and his country as victims of “Russian aggression.” Aside from empty words of encouragement and hypocritical condemnation of Russian “excessive force,” the Empire had no help to give.

Nota: Independentemente do facto da Rússia ainda não ter totalmente desocupado a Geórgia, gostaria de perguntar – e sem querer fazer comparações- a quem já não se lembra ou se esqueceu, quando é que as forças dos USA, DA União Europeia incluindo Portugal e de outros Países desocupam o Afeganistão e o IRAQUE?!

Não acham que já era tempo? Ou não conseguiram os objectivos a que se propunham?  Encontraram as famosas armas de destruição massiva? Ou o objectivo principal era controlar e obter para a Oligarquia os campos petrolíferos, e a partir do Iraque atacar o Irão?

Nova Ordem Mundial: Um Governo Mundial, Um estado Mundial, Uma única Lei, Mundial, um único exército. e o restante da população mundial: Escravos.


4 Comentários

Israel: Guerra contra o Irão ainda não autorizada pelos USA

Israel’s defense minister says the regime has not received approval from the US to carry out a strike against Iran’s nuclear sites.

“The Americans are not ready to allow us to attack Iran,” Ehud Barak told army radio on Wednesday.

“Our position is that no option is to be taken off the table but in the meantime we have to make diplomatic progress,” he added.

Israel, which is widely believed to have over 200 ready-to-use atomic warheads, says Iran’s nuclear program is a main strategic threat, although the UN nuclear watchdog has confirmed that Tehran’s uranium enrichment activities are within the limits of the nuclear Non-Proliferation Treaty (NPT).

Oposição Judia – Apelo contra o ataque ao Irão

12/08/08 “Information Clearing House”Esforços para rufarem os tambores de guerra para um ataque às instalações nucleares do Irão estão a ser envidados tanto nos Estados Unidos da América (EUA) como em Israel. O recente artigo de opinião publicado em 18 de Julho pelo New York Times, escrito pelo historiador israelita Benny Morris, serve para dar alento a essas forças políticas. A Oposição Judia expressa aqui a sua consternação para contrariar esta proposta horrível.Os clamores da guerra ao Irão não só enfrentam a oposição popular como prejudicam os esforços diplomáticos que o Irão desenvolveu com a Agência Nuclear das Nações Unidas, bem como as negociações comerciais com os próprios EUA. Israel está também comprometido com um cessar-fogo que dura há um mês, para alívio das populações tanto de Israel como de Gaza. Face à atmosfera política criada, favorável à prudência e ao diálogo, os militaristas renovam os seus argumentos tendentes a criar condições favoráveis ao conflito. Morris prestou-se a este papel ao afirmar:

“Parece que estão dispostos a usar qualquer bomba que fabriquem, quer porque tal decorre da sua ideologia, quer porque receiam um ataque preventivo de Israel. Logo, um ataque de Israel que impeça os iranianos de darem os passos finais para obterem a bomba é provável. A alternativa é deixar que Teerão consiga a bomba. Tanto num caso como noutro, o holocausto nuclear no Médio Oriente está em jogo.”

http://www.nytimes.com/2008/07/18/opinion/18morris.html

USA Troops Have Been Deployed in Iran. The War With Iran Has Begun” – Col. Sam Gardiner- US Airforce

Este sentido de inevitabilidade deflagra em Israel e entre os judeus a memória do Holocausto Nazi, assegurando um apoio imediato a um ataque militar ao Irão; suscita reacções conducentes à guerra que tem estado e ser preparada pelos EUA. Isto é especialmente deplorável, dado que as 16 agências de espionagem dos EUA concluiram que o Irão não possui armas nucleares e não está em condições de possuir a primeira dentro dos próximos cinco anos.

Enaltecemos a coragem heróica de Mordechai Vanuum ao alertar para o plano nuclear de Israel, juntando à nossa a sua voz de condenação do armazenamento por Israel de ogivas nucleares como uma actividade ilegal e apoiando o nosso apelo em prol de um Médio Oriente livre de armas nucleares.

Uma mente capaz de propugnar uma guerra de aniquilação mútua como solução para o problema da segurança é espantosamente auto-contraditória. Só a invocação de uma ameaça do tipo Nazi parece outorgar alguma força para tal chamamento à guerra, tal como a ocupação dos territórios palestinos vem sendo justificada por supostos planos palestinianos para afogar os judeus no mar. A referência à ideologia iraniana (o Islão) como móbil do confonto não resiste a qualquer exame, uma vez que o desafio político feito a Israel pelo Presidente Mahmoud Ahmadinejad não é um apelo ao extremínio, mesmo considerando a tradução tendenciosa.

Ao prosseguirmos o objectivo da segurança para todas as partes envolvidas, afirmamos o direito de todos à segurança. Ao repudiarmos o argumento da inevitabilidade da guerra, denunciamos ao mesmo tempo a histeria de funcionários iranianos, alardeando constantemente partidas falsas para uma guerra desnecessária. A tentativa de obrigar o Irão a sujeitar-se às resoluções do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) fica enfraquecida nos planos legal, diplomático e político se os EUA e Israel ignorarem ostensivamente a diplomacia da ONU e as decisões do Tribunal Internacional que pendem sobre a questão da Palestina. Exortamos todos os que se opõem à confrontação militar com o Irão a escrever aos respectivos governos exigindo que o Estado de Israel coloque as suas instalações nucleares ao dispor dos inspectores internacionais e subscreva o Tratado de Não-Proliferação de armas nucelares tal como já fez o Irão, em vez de proferir ameaças de guerra.

Apelo subscrito por organizações judias de vários países,
publicado por Information Clearing House em 12 de Agosto de 2008

António Chaves Ferrão @ em Ferrão

Público


5 Comentários

Próximo Alvo, Irão.Largest Naval Deployment Since 1991 Heads For Persian Gulf

Kuwait activates emergency war plan as three U.S. warships steam towards Iran

Paul Joseph Watson
Prison Planet
Tuesday, August 12, 2008

The largest naval deployment since 1991 is unfolding as no less than three U.S. warships make their way towards the Persian Gulf in what observers are calling an “unprecedented” build-up, while Kuwait has activated its highest war alert in anticipation of a potential attack on Iran.

According to reports, the USS Theodore Roosevelt, the USS Ronald Reagan, and the USS Iwo Jima are steaming towards Middle East waters to reinforce the USS Abraham Lincoln and the USS Peleliu which are already in the region.

They will be joined by a British Royal Navy carrier battle group and a French nuclear hunter-killer submarine.

Kuwait has activated its Emergency War Plan after an armada of US naval battle groups headed for the Persian Gulf, Middle East Times reports.

The report comes after DEBKAfiles claimed on Monday that the USS Theodore Roosevelt, the USS Ronald Reagan, and the USS Iwo Jima are sailing toward the Persian Gulf to reinforce the US strike forces in the region.

The US naval force is accompanied by a British Royal Navy carrier battle group and a French nuclear hunter-killer submarine.

LEYA Público


Deixe o seu comentário

Richard Dawkins – A Raiz de Todo o Mal – Parte 4-6

Publicado por peideiemvc

Richard Dawkins

Richard Dawkins nasceu em Nairobi, capital do Quénia, em 1941. Estudou Zoologia em Oxford, tendo-se doutorado sob a direcção do biólogo Nikolaas Tinbergen, Prémio Nobel em 1973 pelos seus estudos em Etologia. Foi professor de Zoologia na Universidade da Califórnia, em Berkeley. Presentemente, é catedrático da Universidade de Oxford. Para lá de cientista e académico, tornou-se conhecido como um dos intelectuais mais influentes da actualidade. Defensor intransigente da evolução segundo a teoria de Darwin, é um divulgador ágil da ciência e do pensamento científico. Intelectual polémico, defende fervorosa e militantemente o “orgulho de ser ateu”.


Deixe o seu comentário

Nova Ordem Mundial – Rastros Quimicos Vacinas Mortais

NWO,controle total sobre a vida das pessoas, vacina e outros aditivos inseridos na alimentação que provocam graves doenças.


Deixe o seu comentário

Nova frente de batalha: O Irão

Será a Guerra…

Os iranianos parece que não querem negociar… Se for realmente essa a sua posição é porque querem a guerra e vão tê-la. Israel não pode, pelo que nunca deixará, as potências vizinhas terem tecnologia nuclear. Assim, serão forçados a optar pelo mal menor, que é atacarem o mais breve possível, enquanto parece viável fazê-lo com armamento convencional.
Creio que se lerem os outros três textos que escrevi sobre o assunto perceberão…
Um regime como o do Irão só se sustém assim, a guerra é para eles necessária… Um estado como o de Israel, não pode deixar de a fazer sob pena de desaparecer. Portanto, tudo se conjuga para a eminência de mais um muito grave conflito, desta com resultados de perdas humanas e económicas imprevisíveis.Textos : 1 Só resta saber quem e quando… 2 Ainda e sempre os mísseis… 3 Ainda o Irão, Israel e os EUA…