Ligações Perigosas e Sujas


Ex-presidente do INC viabilizou ‘Freeport’
Procurador do Eurojust é irmão de Carlos Guerra

Um dos procuradores portugueses no Eurojust, órgão que estabeleceu a ligação entre as autoridades portuguesas e inglesas nas investigação ao caso ‘Freeport’, é irmão de Carlos Guerra, o ex-presidente do Instituto de Conservação da Natureza (INC) que viabilizou a construção do maior outlet da Europa.

A notícia é avançada este domingo pelo canal de televisão SIC Notícias, segundo o qual o procurador da República José Eduardo Moreira Alves de Oliveira foi destacado pelo Governo de José Sócrates para o Eurojust a 01 de Outubro de 2007, por despacho do ministro da Justiça, Alberto Costa, e o ministro dos Negócios Estrangeiros, Luís Amado.

Aquando a nomeação de José guerra para o Eurojust, órgão de cooperação judiciária europeia por onde passou a recente carta rogatória enviada pelas autoridades ingleses nesta investigação, já decorriam as investigações ao caso ‘Freeport’, indica o canal televisivo.

A SIC Notícias revela ainda que o presidente português do Eurojust, José Luís Lopes da Mota, foi colega de Governo de José Sócrates e viu a nomeação renovada por este Executivo, em 24 de Abril 2007. Foi secretário de Estado da Justiça de António Guterres, entre Março de 1996 e Outubro de 1999 e terá sido indicado pela primeira vez para a equipa que constituiu o Eurojust pelo próprio Governo de António Guterres conta a SIC Notícias.

O outro membro nacional do Eurojust é António Luís dos Santos Alves, que também viu a nomeação renovada pelo actual Governo português em Abril de 2007. Foi Inspector-geral do Ambiente entre Dezembro de 2000 e Agosto de 2002, por escolha e nomeação do próprio José Sócrates.

A nomeação de Carlos Guerra para presidente do INC foi feita pelo governo de António Guterres.

Na família Guerra há ainda um terceiro irmão, diz a SIC Notícias. Trata-se do procurador da República João Guerra, que liderou as investigações do processo Casa Pia.

In C.M.

Comentário:


Tudo se encaixa no esquema. Todos são culpados deste projecto, desque esquema nauseabundo onde nos encontramos. Todos comem na mesa do poder, no Estado e nas companhias amigas…Ligações perigosas dos partidos políticos aos interesses económicos.

Uma javardice.

4 pensamentos sobre “Ligações Perigosas e Sujas

  1. Rui Vilhena

    Já que estão tão interessados tomem lá mais dados a propósito dos procuradores do Eurojust, que podem confirmar na PGR ou noutras fontes. Sabiam que o procurador José Guerra não foi nomeado pelo Governo? Ele é apenas um perito nacional destacado, como está no relatório anual da Eurojust que podem ver na internet. José Sócrates e Luís Amado não têm nada a ver com isto! Porque é que estão a dar eco a uma notícia falsa? Para lançar suspeitas sobre toda a gente? Sabiam que o caso Freeport só foi conhecido na Eurojust em Setembro de 2008 (e o José Guerra foi contratado um ano antes)? E que só depois disso é que a cooperação com os ingleses andou? Acham que os procuradores portugueses na Eurojust estão a proteger o José Sócrates como vocês querem insinuar? Há aqui uma contradição, não é? E já agora sabiam também que o Lopes da Mota e o Santos Alves foram nomeados pelo Governo PSD/CDS, por despacho das Ministras Celeste Cardona e Teresa Patrício Gouveia? Se sabem porque é que não escrevem isso? Vá lá, façam um esforço de verdade já que se querem colocar do lado dos sérios…

    Gostar

  2. a ter em atenção: consta-se que Sócrates deu um traque, já depois do 25 de Abril, quando o país era governado por Mário Soares, seu correlegionário e futuro candidato presidencial para garantir a vitória ao Cavaco

    o referido traque foi estranhamente encoberto por concomitante e sonoro pigarrear de um procurador cuja irmã namorou de longe mas intensamente um oficial de marinha que tinha um primo que veio a ser amigo de um serviçal da sobrinha do chefe de gabinete do emigrante que comprou um apartamento na mesma rua que a avó do Sócrates, um pouco mais abaixo e com mais assoalhadas mas cujo preço se revela suspeito e merece um seguimento atento, primeiras páginas do Expresso, editoriais do Público, artigos de fundo do Sol, 4 telejornais spantalhados e um pro&contras ou dois, mais a quadratura do círculo sicausiano e encher blogues atormentados, para começar

    e se o traque não era do Sócrates, podia muito bem ser, ó então do tio, do primo, do enteado da avó materna, da … porteira do prédio de algum deles ou no raio de 500 metros!

    Gostar

  3. Pingback: Celebrities » Blog Archive » Os ArmêNios » Iggy Pop: Jazz E Literatura Francesa Inspiram Novo Disco

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s