Face Oculta- Suspeita de corrupção na campanha do PS


Por Luís Rosa

A PT e a Tagusparque foram utilizadas pelo seu administrador Rui Pedro Soares para obter o apoio de Luís Figo à campanha de José Sócrates para um segundo mandato de primeiro-ministro.

Nas escutas telefónicas realizadas no âmbito do inquérito Face Oculta, que decorre em Aveiro, percebe-se como  Soares contou com a ajuda de Américo Thomati e João Carlos Silva (presidente executivo e administrador da Tagusparque) para alegadamente  pôr ao serviço dos interesses do PS funcionários, meios e fundos financeiros daquelas duas empresas com capitais públicos.

Os magistrados de Aveiro, onde decorre aquele processo, extraíram uma certidão com vista à abertura de um inquérito autónomo, que decorre no Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Lisboa.

luis.rosa@sol.pt

One thought on “Face Oculta- Suspeita de corrupção na campanha do PS

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s