Carreiras: Função Pública perde 300 milhões


 Alice no pais das maravilhas

O novo regime da Função Pública vai permitir ao Estado reduzir em 75% os custos com progressões na carreira dos trabalhadores do Estado. Assim, reduziu a factura anual para um quarto, nota o «Jornal de Negócios».

Note-se que, até 2005, a despesa média rondava os 400 milhões de euros, segundo números divulgados pelo Ministério das Finanças.

Já no ano de 2009, a despesa foi de 85 milhões de euros. Já para este ano, as previsões oficiais do Governo reveladas na quarta-feira, deverá ascender a 100 milhões, ou seja, um quarto do montante gasto antes da reforma.

Para além de reduzir a factura, o congelamento das progressões permitiu ainda poupanças indirectas no longo prazo.

2 thoughts on “Carreiras: Função Pública perde 300 milhões

  1. antonio guerreiro

    o que estou a escrever é apenas mais um desabafo. ( motivo ) fui integrado na carreira da função publica com a categoria de Técnico de 1ª classe,que mantive categoria e letra durante 36 anos mesmo com muitas tentativas por min solicitadas a entidades que julgava de bem. Em 2010 foi-me dada uma nova categoria e para meu espanto nivel mais baixo,só tenho que agradeçer a pessoas tão simpáticas como as que elaboraram estas carreiras sem levarem em consideraçaõ os Anos perdidos,pensso que também fizeram esse juizo para eles próprios. ( estou desolado com os politicos deste PORTUGAL que amo)

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s