Factos


Ministério propõe que avaliação de professores só conte dentro de quatro anos

(…)
João Dias da Silva, da FNE, já considerou que esta proposta é uma «cortina de fumo e uma encenação», uma vez que o actual modelo de avaliação e as suas regras não pode ser aplicável em concursos de professores «nem daqui a oito anos».

A Fenprof também já desvalorizou esta proposta e lembrou que não só os docentes não aceitam que esta avaliação seja incluída nos concursos como que os concursos sejam feitos de quatro em quatro anos.

«Isso significa que durante quatro anos haja inúmeros lugares de quadro que vão sendo disponibilizados e portanto as necessidades efectivas do sistema vão sendo preenchidas por professores contratados quando deviam ser preenchidas com professores dos quadros», explicou Mário Nogueira.

Na gravação com o título «Mário Nogueira diz que professores não aceitam que avaliação conte para concurso» ouve-se que «os sindicatos e os professores rejeitam liminarmente que a avaliação do desempenho tenha qualquer tipo de implicação nos concursos».

  • 9 de Abril de 2010

Fenprof satisfeita com resposta do Governo sobre avaliação

Mário Nogueira diz que todas as preocupações foram respondidas positivamente

Isto no mesmo dia em que é publicado o aviso n.º 7172/2010, de abertura do concurso para as necessidades transitórias para 2010/11, no qual se contempla a avaliação do desempenho para efeitos de graduação…

Sacado A educação do meu umbigo o grande blogue sobre educação

2 thoughts on “Factos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s