Os Super Dragões acabaram de adquirir 3500 bolas de golfe… Suponho que não seja para jogar golfe


Mais de 750 agentes na operação de segurança do FC Porto-Benfica no próximo domingo que pode dar o título aos “encarnados”

Promete ser quente a convivência entre adeptos do Benfica e do FC Porto no domingo, dia em que as duas equipas se irão encontrar no Estádio do Dragão para um jogo da 29.ª jornada da Liga portuguesa e que pode dar o título de campeão nacional aos “encarnados”. Em vários espaços dedicados a claques organizadas na Internet, alguns utilizadores fazem referências explícitas ao planeamento de confrontos entre adeptos.

“Os Super Dragões acabaram de adquirir 3500 bolas de golfe… Suponho que não seja para jogar golfe”, diz o utilizador identificado como xeio_d_xono no blogue bibo-porto-carago.blogspot.com que, um pouco antes, revela: “Elementos de um núcleo da Juve Leo e mais uns tantos dragões e não posso divulgar de que zona são esses núcleos para não descobrir os valentes rapazes, vão unir forças no domingo à tarde e aguardar pela passagem do comboio entre Ovar e Gaia…”

No fórum oficial dos Super Dragões, a maior das claques organizadas do FC Porto, o utilizador adeptodoPORTO refere que todas as claques do Benfica são um alvo: “Os No Name [Boys, claque não oficial do Benfica] até podem vir de comboio mas os diabos [Vermelhos] vêm de BUS […] não nos podemos xkecer de ninguém.”

Fernando Madureira, líder dos Super Dragões, reconhece que os ânimos estão exaltados e não garante que não ocorram confrontos entre membros das duas claques. “Por muito que eu tenha boa vontade, que a polícia tenha boa vontade e que toda a gente tenha boa vontade, depois de tudo o que se passou neste campeonato, é normal que todos os adeptos se sintam revoltados e com os nervos à flor da pele. Vamos tentar que as coisas corram pelo melhor, mas vai ser muito difícil”, afirmou Madureira à Antena 1.

750 agentes policiais

São esperados cerca de 3000 adeptos do Benfica no Dragão (os bilhetes cedidos aos “encarnados” esgotaram) e a PSP considera o jogo de “alto risco”. A operação montada pela polícia envolve mais de 750 agentes, dos quais 500 irão estar dentro e nas imediações do estádio. Os restantes, informou ontem a polícia, serão distribuídos pela cidade, antecipando desta forma uma eventual celebração benfiquista.

A deslocação dos adeptos “encarnados” até ao Porto em várias formas de transporte será acompanhada pelas forças policiais e haverá patrulhamento por parte da GNR nas estações de serviço. A escolta policial dos adeptos do Benfica que chegarem ao Porto de comboio será feita desde a Estação da Campanhã até ao Dragão

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s