A HIPÓCRISIA DOS GOVERNANTES DO IV REICH – ESTAMOS EM CRISE? HÁ DINHEIRO PARA O TGV?


Iva da Coca Cola

Ministro das Finanças diz que medidas de austeridade vigoram “enquanto for necessário”

O ministro das Finanças, Fernando Teixeira dos Santos, afirmou hoje que as medidas de austeridade adicionais anunciadas pelo Governo na semana passada deverão manter-se enquanto forem necessárias para assegurar a redução do défice, depois de o primeiro-ministro ter afirmado que durariam um ano e meio.

O Governo quer reduzir o défice para 7,3 por cento este ano e para 4,6 por cento em 2011, e para isso anunciou na semana passada um pacote de medidas de austeridade que, na altura, e segundo o primeiro-ministro José Sócrates, deveria vigorar “ano e meio”, até finais de 2011.

“São medidas que se mantém enquanto forem necessárias para assegurar que a redução do défice é sustentável e duradoura”, sublinhou Teixeira dos Santos, em Bruxelas, à margem de uma reunião dos ministros das Finanças da União Europeia.

O responsável português acrescenta que o relatório do Banco de Portugal divulgado segunda-feira “está perfeitamente em linha com as preocupações do Governo”.

Estado dá aval a empréstimo de 300 milhões para o TGV

lucros banca

O Estado concedeu aval a um empréstimo de 300 milhões de euros contraído junto do BEI para financiar o primeiro troço da rede de alta velocidade (TGV) da Linha Lisboa/Madrid. O financiamento é contraído pela Elos, o consórcio liderado pela Brisa e Soares da Costa que vai construir o troço Poceirão/Caia.
O empréstimo tem maturidade de 20 anos e uma taxa de juro variável acrescida de uma margem fixa revisível face à Euribor. As condições deste financiamento foram negociadas antes da crise financeira que abalou o euro a as economias do Sul da Europa. O BEI concedeu um empréstimo de 600 milhões de euros ao troço Proceirão/Caia. Metade desta financiamento é avalizado pelo Estado.
O investimento neste troço está avaliado em 1,470 mil milhões de euros. A concessão de garantia, publicada hoje em Diário da República, é justificada pela importância estratégica para o país deste projecto e para o seu forte efeito positivo no relançamento do crescimento económico, indução de investimento privado e criação de emprego.

One thought on “A HIPÓCRISIA DOS GOVERNANTES DO IV REICH – ESTAMOS EM CRISE? HÁ DINHEIRO PARA O TGV?

  1. antonio

    Se a esquerda comete erros e é criticada, a direita abusa, nem a justiça a condena, esta faz parte da mesma engrenagem. Tem os expressos, as sics, as revistas exames e visões, os correios da manhã, os sol que só os ilumina as suas castas, o Público da sonae, as restantes televisões privadas e públicas – Todo esse gigantesco império mediático só tem um objectivo: atacar a esquerda e branquear a gula do capital. Esta é a realidade em que o liberalismo selvagem se movimenta e certas mentes conspícuas não gostam que lhe seja apontada

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s