Bruxelas não admite alterações ao PEC apresentado por Sócrates


Os responsáveis da zona euro afirmaram que não há razões para alterar o programa de austeridade apresentado por Portugal a Bruxelas, avança o Público.

«Aprovámos o programa de ajustamento tal como nos foi proposto pelo Governo português [e] que foi avalizado tanto pela Comissão Europeia como pelo Banco Central Europeu», afirmou Jean-Claude Juncker, ministro das finanças do Luxemburgo e presidente do eurogrupo.

Esta afirmação refere-se às novas medidas de austeridade apresentadas por José Sócrates no dia 11 para conseguir reduzir o défice orçamental.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s