CE recusa falar em ‘flexibilização’ do programa português – Os Carrascos


Questionado sobre uma eventual flexibilização do programa português, face à situação das finanças públicas, o serviço de imprensa do comissário dos Assuntos Económicos, Olli Rehn, indicou que a Comissão «nada tem a dizer sobre ‘flexibilização’ ou qualquer outra especulação em torno do desfecho da missão da ‘troika’» que tem início na terça-feira, limitando-se a indicar que as discussões incluirão «as medidas necessárias para alcançar as metas do programa» (Aumento de impostos).

De acordo com o executivo comunitário, a missão irá também rever as medidas adoptadas de acordo do memorando de entendimento entre as autoridades portuguesas e a ‘troika’ (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional) com vista a melhorar a eficiência do sector público ( despedimento de funcionários, ficam os afilhados no aparelho de estado) e fomentar a competitividade e o crescimento ( desemprego, baixos salários). * Estes não aprenderam nada com a Grécia e o remédio utilizado é o mesmo. Isto gera recessão/caos.

«Tal inclui a reestruturação das empresas públicas e as reformas dos mercados do trabalho e do produto», acrescentou a Comissão.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s