Terráqueos “Earthlings” [LEGENDADO] Parte 1,2|10

Parte 1 do grande e famoso filme “Earthlings” [Terráqueos em português] dividido em 10 partes.

LINKS ÚTEIS:
Instituto Nina Rosa:
http://www.institutoninarosa.org.br
vegetarianismo.com.br:
http://www.vegetarianismo.com.br
Vida Vegetariana:
http://www.vidavegetariana.com
nutriVeg Consultoria em Nutrição Vegetariana:
http://www.nutriveg.com.br
Guia Vegano:
http://www.guiavegano.com.br
Seja Vegetariano:
http://www.sejavegetariano.com.br
The Vegetarian Society:
http://www.vegsoc.org
União Vegetariana Internacional:
http://www.ivu.org
Organização Hare Krishna – Food For Life:
http://www.ffl.org
The Vegetarian Resource Group (VRG):
http://www.vrg.org
MyPyramid.gov:
http://www.mypyramid.gov
VegVida:
http://roctaviani.multiply.com
Centro Vegetariano:
http://www.centrovegetariano.org
PETA TV // Animal Rights TV:
http://www.petatv.com
PEA – http://www.pea.org.br – Projeto Esperança Animal:
http://www.pea.org.br
Vista-se · Camisetas com temas vegetarianos:
http://www.vista-se.com.br

Anda
http://www.anda.jor.br/

Krishnamurti sobre o vegetarianismo

Os seres humanos gostam de matar, uns aos outros ou um inocente veado no fundo do bosque, atropelam deliberadamente uma serpente na estrada ou montam armadilhas para lobos ou coiotes.  Pessoas bem vestidas saem rindo dos seus carros e matam pássaros que se estavam a chamar uns aos outros. Um rapaz mata com a sua pressão de ar um passarinho azul e os adultos elogiam a sua boa pontaria.

Matam por desporto, Matam para comer, Matam pela paz. Não há muita diferença entre estas coisas. Justificar não é a resposta. Só há uma: Não matar. Considera-se que os animais carecem de alma, de modo que se pode matá-los como impunidade.

Comer animais, pássaros, é visto como uma coisa natural, aprovada pelos anúncios comerciais. A matança estende-se e torna-se cada vez mais eficientes a crueldade e os meios de destruição. A paz é um estado da mente, um estado que existe apenas quando há amor.

Krishnamurti

A VIDA INTERLIGADA

Um pequeno e excelente documentário educativo que apresenta importantes informações e refleções relativas a questões éticas, ambientais, sustentabilidade e sociais dentro da temática do vegetarianismo e do consumo de produtos, que representa um assunto urgente e de vital importância para a sobrevivência de todo o Planeta e da espécie Humana.

Sweet Misery: A Poisoned World – Parte 05/06 – Aspartame

O aspartamo ou aspartame é uma neurotoxina utilizada para substituir o açúcar comum. Ele tem maior poder de adoçar (cerca de 200 vezes mais doce que a sacarose) e é menos denso. O aspartamo geralmente é vendido junto com outros produtos. É o adoçante mais utilizado em bebidas.

O aspartamo é consumido por mais de 200 milhões de pessoas, em todo o mundo e está presente em mais de 6000 produtos.
Este veneno esta sendo consumido inocentemente pelas pessoas, com aprovação da Organização Mundial de Saúde.

Faça uma pesquisa por “Codex Alimentarius” e você ficará surpreso com as proporções que isso vem tomando.

Obs: Não fui eu quem legendou o video, apenas mesclei as legendas a ele. Mesmo que em alguns momentos tenham dificuldade de acompanhar a legenda por conta da cor, vale a pena assistir ao documentário

Publicado por libertas000

Zeitgeist Addendum (Legendado) 9-10/12


Publicado por lucask8nunes

Site Oficial do documentario:
http://www.zeitgeistmovie.com/

Site Oficial do Projeto Venus:
http://www.thevenusproject.com/

Site do Zeitgeist Moviment:
http://thezeitgeistmovement.com/

A Revolução é Agora

Discurso feito pelo Chefe Seattle ao Presidente Franklin Pierce em 1854

“Talvez Sejamos Irmãos” – Carta resposta do Chefe Índio Seattle à proposta de aquisição das terra onde vivia a sua tribo do Presidente dos Estados Unidos da América, Franklin Pierce – 1854.

(Depois do Governo Americano ter dado a entender que desejava adquirir o Território da Tribo)


Os Índios Duwamish habitavam na zona norte do actual estado de Washington, cuja capital Seattle tem o nome do Chefe Índio que proferiu o discurso, conhecido como a Carta do Chefe Índio, que é considerada como um dos mais belos manifestos ecológicos. Após a cedência das terras os índios Duwamish migraram para a reserva Port Madison onde está sepultado o Chefe Seattle.

“O Grande Chefe de Washington comunicou-nos o seu desejo de comprar as nossas terras. O Grande Chefe assegurou-nos também da sua amizade e de quanto nos preza. Isso é muito generoso da sua parte, pois sabemos que ele não necessita da nossa amizade.

Porém, vamos considerar a sua oferta, pois sabemos que se o não fizermos, o homem branco virá com armas e tomará as nossas terras.

Mas, como pode comprar ou vender o céu e o calor da terra? Tal ideia é estranha para nós. Se não somos os proprietários da pureza do ar ou do resplendor da água, como podes comprá-los a nós?

Cada torrão desta terra é sagrado para meu povo. Cada folha reluzente de pinheiro, cada praia arenosa, cada clareira e cada zumbido de insecto são sagrados nas tradições e na memória do meu povo. A seiva que corre nas árvores transporta consigo as recordações do homem de pele vermelho. O homem branco esquece a sua terra natal, quando, depois de morto vai vagar por entre as estrelas. Os nossos mortos nunca esquecem a beleza desta terra, pois ela é a mãe do homem de pele vermelha. Somos parte destas terras como elas fazem parte de nós.

As flores perfumadas são nossas irmãs; o veado, o cavalo, a grande águia – são nossos irmãos. As cristas rochosas, as seivas das pradarias, o calor que emana do corpo de um pónei e o próprio homem, todos pertencem à mesma família.

Assim, quando o Grande Chefe de Washington manda dizer que deseja comprar nossa terra, ele exige muito de nós. O Grande Chefe manda dizer que nos reservará um lugar em que possamos viver confortavelmente e que será para nós como um pai e que nós seremos seus filhos. Vamos considerar a sua oferta de comprar a nossa terra, embora isso não seja fácil, pois esta terra é sagrada para nós.

A água cintilante dos rios e dos regatos não é apenas água, é o sangue dos nossos antepassados. Se vendermos a nossa terra, terás de te lembrar que ela é sagrada e deverás ensiná-lo aos teus filhos e fazer-lhes saber que cada reflexo na água límpida dos lagos fala do passado e das recordações do meu povo. O murmúrio das águas é a voz do pai de meu pai. Os rios são nossos irmãos, matam-nos a sede, transportam-nos nas canoas e alimentam os nossos filhos. Se vendermos a nossa terra, terás de te lembrar e ensinar aos teus filhos que os rios são nossos e vossos irmãos, e terás de dispensar-lhes a bondade que darias a um irmão.

Nós sabemos que o homem branco não compreende o nosso modo de viver. Para ele um pedaço de terra vale o mesmo que outro, porque ele é um forasteiro que chega na calada da noite e tira da terra tudo o que necessita. A terra não é sua irmã, mais sua inimiga, e depois de a conquistar prossegue o seu caminho. Deixa para trás as sepulturas dos seus antepassados e isso não o importa. Apodera-se das terras dos seus filhos e isso não o inquieta. Ele considera a terra, sua mãe, e o céu, seu irmão, como objectos que podem ser comprados, saqueados ou vendidos como ovelhas ou miçangas cintilantes. Na sua voracidade arruinará a terra e deixará atrás de si apenas um deserto.

Não sei. Nossos caminhos diferem dos vossos. As vossas cidades ferem os olhos do homem de pele vermelha. Não há lugares calmos nas cidades do homem branco. Não há sítios onde se possa ouvir as folhas a desabrochar na primavera ou o zunir das asas dos insectos. O barulho que tudo domina ofende os ouvidos do homem de pele vermelha. Para que serve a vida se um homem não pode escutar o grito solitário do noitibó ou a lengalenga nocturna das rãs à volta de um pântano ? Sou um homem de pele vermelha e não compreendo, talvez porque os homens de pele vermelha são selvagens e ignorantes. O índio prefere o suave sussurro do vento roçando a superfície de uma lagoa e o perfume do ar lavado pela chuva do meio-dia ou carregado do aroma dos pinheiros.

O ar é precioso para o homem de pele vermelha, porque todas as criaturas partilham a mesma aragem: os animais, as árvores, o homem todos respiram o mesmo ar. O homem branco parece indiferente ao ar que respira. Como um moribundo em prolongada agonia, ele é insensível ao ar fétido. Mas se vendermos as nossas terras, deverás recordar que o ar é precioso para nós, que o ar reparte o seu espírito com toda a vida que ele sustenta. O vento que deu o primeiro sopro de vida ao nosso antepassado recebe também o nosso último suspiro. Se vendermos as nossas terras, deverás conservá-la como um lugar reservado e sagrado, onde o próprio homem branco possa saborear o vento perfumado pelas flores da pradaria.

Assim pois, vamos considerar a oferta para comprar a nossa terra. Se decidirmos aceitar, será com uma condição: O homem branco deverá tratar os animais desta terra como se fossem seus irmãos. Sou um selvagem e não compreendo outros costumes. Eu vi milhares de búfalos a apodrecer na pradaria, abandonados pelo homem branco que os abatia de um combóio em movimento. Eu sou um selvagem que não compreende que o cavalo de ferro fumegante possa ser mais importante do que o búfalo que nós, os índios, matamos apenas para o sustento de nossa vida.

O que seria do homem sem os animais? Se todos os animais desaparecessem, o homem morreria de uma grande solidão de espírito. Porque tudo quanto acontece aos animais não tarda a acontecer ao homem. Todas as coisas estão relacionadas entre si.

Deverão ensinar aos vossos filhos que o chão debaixo dos seus pés é feito das cinzas dos nossos antepassados. Ensinem aos vossos filhos o que temos ensinado aos nossos: que a terra é nossa mãe. Tudo quanto fere a terra fere os filhos da terra. Se os homens cospem no chão é sobre eles próprios que cospem.

Uma coisa sabemos: a terra não pertence ao homem, é o homem que pertence à terra. Disto temos certeza. Todas as coisas estão interligadas, como o sangue que une uma família. Tudo está relacionado entre si.

Tudo o que acontece à terra acontece aos filhos da terra. Não foi o homem quem teceu a teia da vida, ele não passa de um fio da teia. Tudo que ele fizer à trama, a si próprio fará.

Mas nós vamos considerar a vossa oferta e ir para a reserva que destinais ao meu povo. Viveremos à parte e em paz. Que nos importa o lugar onde passarem os o resto dos nossos dias ? Já não serão muitos. Ainda algumas horas, alguns invernos e não restará qualquer dos filhos das grandes tribos que viveram outrora nestas terras, ou que vagueiam ainda nas florestas. Nenhum estará cá para chorar as sepulturas de um povo tão poderoso e tão cheio de esperança como o vosso. Mas porque chorar o fim do meu povo ? As tribos são constituídas por homens e nada mais. E os homens vão e vêm como as vagas do mar.

Nem o próprio homem branco pode escapar ao destino comum. Apesar de tudo talvez sejamos irmãos, veremos. Mas, nós sabemos uma coisa, que o homem branco talvez venha a descobrir um dia, o nosso Deus é o mesmo Deus. Ele é o Deus dos homens e a Sua misericórdia é a mesma para o homem de pele vermelha e para o homem branco. A terra é preciosa aos olhos de Deus e quem ofende a terra cobre o seu criador de desprezo. O homem branco perecerá também e, quem sabe, antes de outras tribos. Continuem a macular o vosso leito e irão sufocar nos vossos desperdícios.

Mas na vossa perdição brilhareis em chamas ofuscantes acendidas pelo poder de Deus que vos conduziu e que, por desígnios só por Ele conhecidos, vos deu poder sobre estas terras e sobre o homem de pele vermelha. Este destino é para nós um mistério. Não o compreendemos quando os búfalos são massacrados, os cavalos selvagens subjugados, os recantos secretos das florestas ficam impregnados do odor de muitos homens e as colinas desfiguradas pelos fios falantes. Onde está a floresta virgem ? Desapareceu. Onde está a águia ? Morreu. Qual o significado de abandonar os póneis e a caça ? É parar de viver e começar a vegetar.

É nestas condições que vamos considerar a oferta da compra das nossas terras. E se aceitarmos será apenas para ficarmos seguros de recebermos a reserva que nos prometeram. Talvez aí possamos acabar os nossos dias e quando o último homem de pele vermelha tiver desaparecido desta terra, e a sua recordação não for mais do que a sombra de uma núvem deslizando na pradaria, estes lugares e estas florestas abrigarão ainda os espíritos do meu povo. Assim se vendermos as nossas terras amai-as como as temos amado e cuidai delas como nós cuidámos. E com toda a vossa força e o vosso poder conservem-na para os teus filhos e amem-na como Deus nos ama a todos.

Sabemos uma coisa: o nosso Deus é o mesmo Deus. Ele ama esta terra. O próprio homem branco não pode fugir ao mesmo destino. Talvez sejamos irmãos, veremos.

BRAS Na Quadra Natalícia -Black Eyed Peas – Where Is The Love?

brigadas17

What’s wrong with the world, mama
People livin’ like they ain’t got no mamas
I think the whole world addicted to the drama
Only attracted to things that’ll bring you trauma
Overseas, yeah, we try to stop terrorism
But we still got terrorists here livin’
In the USA, the big CIA
The Bloods and The Crips and the KKK
But if you only have love for your own race
Then you only leave space to discriminate
And to discriminate only generates hate
And when you hate then you’re bound to get irate, yeah
Badness is what you demonstrate
And that’s exactly how anger works and operates
Nigga, you gotta have love just to set it straight
Take control of your mind and meditate
Let your soul gravitate to the love, y’all, y’all

People killin’, people dyin’
Children hurt and you hear them cryin’
would you practice what you preach
or would you turn the other cheek

Father, Father, Father help us
send us some guidance from above
‘Cause people got me, got me questionin’
Where is the love (Love)

Where is the love (The love)
Where is the love (The love)
Where is the love
The love, the love

It just ain’t the same, always unchanged
New days are strange, is the world insane
If love and peace is so strong
Why are there pieces of love that don’t belong
Nations droppin’ bombs
Chemical gasses fillin’ lungs of little ones
With the ongoin’ sufferin’ as the youth die young
So ask yourself is the lovin’ really gone
So I could ask myself really what is goin’ wrong
In this world that we livin’ in people keep on givin’
in
Makin’ wrong decisions, only visions of them dividends
Not respectin’ each other, deny thy brother
A war is goin’ on but the reason’s undercover
The truth is kept secret, it’s swept under the rug
If you never know truth then you never know love
Where’s the love, y’all, come on (I don’t know)
Where’s the truth, y’all, come on (I don’t know)
Where’s the love, y’all

People killin’, people dyin’
Children hurt and you hear them cryin’
would you practice what you preach
or would you turn the other cheek

Father, Father, Father help us
send us some guidance from above
‘Cause people got me, got me questionin’
Where is the love (Love)

Where is the love (The love)
Where is the love (The love)
Where is the love
The love, the love

I feel the weight of the world on my shoulder
As I’m gettin’ older, y’all, people gets colder
Most of us only care about money makin’
Selfishness got us followin’ in the wrong direction
Wrong information always shown by the media
Negative images is the main criteria
Infecting the young minds faster than bacteria
Kids act like what they see in the cinema
Yo’, whatever happened to the values of humanity
Whatever happened to the fairness in equality
Instead in spreading love we spreading animosity
Lack of understanding, leading lives away from unity
That’s the reason why sometimes I’m feelin’ under
That’s the reason why sometimes I’m feelin’ down
There’s no wonder why sometimes I’m feelin’ under
Gotta keep my faith alive till love is found

People killin’, people dyin’
Children hurt and you hear them cryin’
would you practice what you preach
or would you turn the other cheek

Father, Father, Father help us
send us some guidance from above
‘Cause people got me, got me questionin’
Where is the love (Love)

Where is the love (The love)
Where is the love (The love)
Where is the love (The love)

Where is the love (The love)
Where is the love (The love)


Where is the love (The love)

todos somos um: a realidade é uma ilusão

publicado por deusmihifortis

Os vídeos tratam sobre assuntos quânticos, esotéricos e teosóficos dos quais eu não tenho muito conhecimento a respeito. para ser sincera não entendi uns 60% do vídeo embora concorde em uma coisa, fomos continua e sistematicamente educados somente para usar o lado direito do cérebro.Nota da Tradutora.: o vídeo faz menção de algumas idéais da teosofia que tem como um de seus principais exponentes Madame blavatsky, descendente de uma geração de maçons aristocrátas, sua avó era princesa e desde muito cedo possuía poderes paranormais, tudo isso demonstra clara relação com os Illuminati (linhagem de sangue, maçonaria e poderes psíquicos muito buscados e valorizados pelos illuminati. por isso RECOMENDAMOS só uma CERTA CAUTELA àqueles que estão na resistência à nova ordem mundial, ao assistir esse vídeo)

vídeo traduzido a pedido e dedicado a um companheiro da resistência: Vento71d!

Astrologia Sexual! Acredita?

Astrologia Sexual

Amigos, não sei se vocês acreditam na astrologia, mas uma boa maneira de testar a confiabilidade da mesma é ver se há identificação com o que dizem sobre o vosso signo zodiacal … leiam também o do (da) mais-que-tudo e digam se condiz… e sobre a posição associada ao vosso signo, gostam??? Ainda que não faça muito sentido, sempre podemos adoptar como sugestão e testar na prática!!!
Vejam o que os astros destacam sobre as vossas intimidades:
CARNEIRO Como o Carneiro tem disposição de sobra para o sexo,
procura uma pessoa que seja ardente e ousada.
Para lhe agradar, o melhor é entrar no clima e realizar as
suas vontades e fantasias. Os pontos eróticos são a
Cabeça e o Pescoço. Lugares para o sexo:
adora locais ousados, que tornam o sexo mais emocionante,
como elevadores ou locais públicos.

TOURO Ele é um expert em preliminares e costuma levar o
seu parceiro (a) ao delírio com beijos ardentes..
Para este signo, o sexo tem de acontecer naturalmente.
Além disso,tem a preocupação de oferecer prazer.
Os seus pontos eróticos são os Ombros e o Pescoço.
Lugares para o sexo: Os luxuosos e
requintados são os que mais fazem a cabeça deste signo.
GEMEOS Criativo , o geminiano adora um clima exótico na
hora do sexo . Monotonia passa longe deste signo
e cada dia precisa de ter um sabor diferente do outro,
odeia rotina no sexo. Pontos eróticos: Mãos e Braços.
Lugares para o sexo: Para Gémeos, os locais pouco
convencionais, como uma praia deserta
e o campo, são os melhores.

CARANGUEJO Este é super atencioso e costuma cobrir o seu
parceiro(a) de carinhos na hora do sexo.
Não curte sexo só por atracção física,
precisa de ter algum sentimento pela pessoa.
O Peito e as Axilas são os seus pontos eróticos.
Lugares para o sexo: Curte locais seguros e convencionais,
mas às vezes, topa arriscar-se às margens de uma lagoa.

LEÃO Para o Leonino, a sintonia sexual é muito importante.
Tem vigor e disposição e, se está com uma pessoa
que o acompanhe o seu, pega fogo na cama.
Para ele é muito importante se entregar totalmente
e explorar as fantasias. Os seus pontos eróticos são
as Costas, os Olhos e os Órgãos genitais.
Lugares para sexo : Não costuma importar-se muito com
isso, mas a preferência é por locais exóticos

VIRGEM O Virginiano gosta de fazer sexo sem pressa,
deixando as coisas acontecerem . É muito vaidoso
e mostra-se sempre preocupado com o conforto do
parceiro(a). O único probleminha é a timidez na cama.
Os seus pontos eróticos são o Umbigo e a Virilha.
Lugares para sexo: prefere locais limpos e organizados
para ter prazer. Um banho a dois pode ser ideal.

BALANÇA Este é muito mais preocupado com a qualidade do
que com a quantidade. Os preliminares são fundamentais
e não dispensa carinhos e palavras suaves. As
Nádegas e a região Lombar são os pontos eróticos.
Lugares para sexo : Um jantar à luz de velas,
com música lenta de fundo podem dar origem a uma grande
noite de amor.
ESCORPIÃO Muito atraente, este signo é sensual e ardente
na hora H. É sempre um vulcão prestes a explodir de prazer.
Se quiser deixa-lo louco, abuse dos carinhos na
Nuca e Órgãos Genitais , pois são os seus pontos eróticos.
Lugares para sexo: Locais proibidos e misteriosos fazem
trepálo paredes na hora do sexo . Elevadores e Prédios
abandonados deixam os seus desejos à flor da pele.


SAGITARIO A regra no sexo para este signo é : pura
adrenalina sempre . Um dia não pode ser igual ao outro,
aventura e emoção fazem parte de todos os sectores da
vida dele. Coxas, Pernas e Ancas são os seus pontos
eróticos. Lugares para sexo: Uma praia,
a cobertura de um prédio ou um campo
são os locais ideais para liberar os seus desejos.
CAPRICORNIO Adora tomar a iniciativa e costuma cobrir a
pessoa amada de carinhos e atenção.
Não é muito chegado a inovações e ideias exóticas na hora
do sexo, mas a sua sensualidade chega a surpreender em
certos momentos. Os seus pontos eróticos são:
Boca, Joelhos, e Costas. Lugares para sexo:
Prefere locais reservados, como a sua própria
casa ou um motel bem discreto


AQUARIO Nos momentos de intimidade, o Aquariano coloca
para fora as mais estranhas fantasias sexuais
A sintonia mental e espiritual é importante para
este signo, que tem como pontos eróticos os Pés, os
Tornozelos e as Pernas. Lugares para sexo:
É imprevisível na hora de escolher um local para fazer
amor, o importante para o aquariano é curtir as mais
diferentes sensações.

PEIXES Ele é puro carinho na hora do sexo dar e
receber muitos cafunés e palavras doces.
É um óptimo amante e deixa o seu parceiro
(a) nas nuvens. Os seus desejos são estimulados pela energia
incrível que possui. Não gosta de rotina e
os Pés e as Costas são os seus pontos eróticos mais sensíveis.
Lugares para sexo : Para ele um quarto decorado com
toques místicos pode ser o ideal para curtir o prazer

Sexo com Arte, Humor, Prazer e Música

Nova Ordem Mundial – Rastros Quimicos Vacinas Mortais

NWO,controle total sobre a vida das pessoas, vacina e outros aditivos inseridos na alimentação que provocam graves doenças.

VeriChip – RFID Chip. Para que serve e quais os perigos?

Um óptimo documentário de 9 minutos que mostra como esta sendo usado Micro Chips para vigilância, controle, espionagem, como usam aparelhos GPS para rastrear quem desejam.Indiquem esse vídeo a todos que pensam que esse tipo de tecnologia ainda é de ficção cientifica, aqui está uma amostra de seus usos na sociedade, e o mais importante que o governo depois de 11 de setembro de 2001 mandou espionar TODAS AS LIGAÇÕES do povo americano!

Baixem esse vídeo legendado nestes dois sites aqui estará com o nome de:
“Legendado – Verichip – Rfid – Chip – 666 – Muito bommm.avi”

Publicado por VerdadeLibertaVoce

Amor I Love You

Deixa eu dizer que te amo

Deixa eu pensar em você

Isso me acalma, me acolhe a alma

Isso me ajuda a viver


Hoje contei pras paredes

Coisas do meu coração

Passeei no tempo, caminhei nas horas

Mais do que passo a paixão

É um espelho sem razão

Quer amor, fique aqui


Deixa eu dizer que te amo Deixa eu gostar de você

Isso me acalma, me acolhe a alma

Isso me ajuda a viver


Hoje contei pras paredes

Coisas do meu coração

Passeei no tempo, caminhei nas horas

Mais do que passo a paixão


É o espelho sem razão

Quer amor, fique aqui


Meu peito agora dispara

Vivo em constante alegria

É o amor que está aqui


Amor I Love You


-“Tinha suspirado… tinha beijado o papel devotamente.

Era a primeira vez que lhe escreviam aquelas sentimentalidades

E o seu orgulho dilatava-se ao calor amoroso que saía delas

Como um corpo ressequido que se estira num banho tépido.

Sentia um acréscimo de estima por si mesma,

E parecia-lhe que entrava enfim

Numa existência superiormente interessante

Onde cada hora tinha o seu encanto diferente

Cada passo conduzia a um êxtase

E a alma se cobria de um luxo radioso de sensações”


Amor I Love You

Hoje…


Anoitece! O palácio entra no silêncio e calmaria que a noite traz, lá fora o vento sopra de mansinho por entre as arvores do jardim, fazendo anunciar a chuva que se aproxima. Deitada sobre a cama, nesta letargia doce sinto a alma levitar pelo quarto enquanto o meu corpo descansa nos lençóis macios, sinto-me tão leve…
Do quarto dos senhores vem as vibrações e os gemidos a lembrar-me que eles estão de novo na luxúria da alcova, mas não me mexo, deixo-me estar ali deitada sentido o meu corpo a querer eriçar-se pelos gemidos que me despertam os sentidos. Fico ali, apenas sentindo a excitação aumentar. Lá fora o vento forte que soprava acalma, a chuva começa a cair levemente, bate na vidraça e da minha garganta solta-se um soluço, uma melancolia súbita toma conta de mim o meu corpo sucumbe àquela sensação e as lágrimas correm-me pelo rosto, soltas, livres, numa torrente enérgica que me lava a alma.
Quando os soluços cedem e as lágrimas se cansam de correr, a melodia da chuva que agora cai intensamente fazendo com que o cheiro do jardim me invada as narinas e vá directo alojar-se no canto da minha mente onde guardo as mais doces recordações, aquele perfume faz soltar a imagem de um dia assim em que no jardim te encontrei, nossos olhares se cruzaram, num ímpeto fugaz nossas bocas não resistiram e se tocaram primeiro a medo, como se o medo de não ser real, provocasse o receio de que de um momento para o outro voasses por entre as arvores e apenas fizesses parte da minha imaginação. Mas não era. E ainda sinto em mim, esse beijo que de doce e calmo passou a fogoso intenso, carregado de desejo, depois que essa tua boca deliciosa saciou a minha, entregou-se ao meu corpo e percorreu-o com mestria. Calma, lentamente murmurando o teu desejo, o teu amor. Mordiscaste todo o meu corpo, lambeste, beijaste, apertaste, até que encontraste o meu jardim e o tornaste teu. Com ímpeto devoraste o meu sexo quente e húmido com a fome que sempre tiveste de mim, essa fome que me faz sentir única e me dá o paraíso. Sussurraste no meu ouvido o teu amor e o meu corpo entrou naquela dimensão em que já não tem consciência, minha alma saiu do corpo sobrevoou o jardim e regressou num espasmo doce de prazer. Uma paz imensa me atingiu.
Suspiro…
Hoje só queria fazer amor contigo.

Uma Promessa


Dois corpos, rasgam as profundidades dos sentidos em espasmos de prazer, que ocultam a mentira na verdade, do quanto se desejam. Enlaçam, em sentimentos escassos, a falta de amor… sempre conscientes do quanto se precisam, para sobreviver à castidade perdida, noutras histórias de amor em que o sol era uma agonia constante, de sentidos disfarçados.
Hoje, estes dois corpos mascaram-se de amor… vagueando pela beleza de instantes que sabem, não ser eternos.
Cansaram-se de estar sós, extinguindo hoje, o fogo do desejo que os atormenta; um desejo que não lhes pertence… mas exige ser satisfeito.
Não se amam, mas aceitariam amar-se, para não ter de pedir sonhos emprestados, pela incapacidade de sonharem os seus.
Em total comunhão, renascem em palavras encantadas, como se delas dependesse a vida… sem que de suas bocas saia qualquer espécie de promessa.
Tocam-se,
beijam-se…
esgotam a necessidade humana do calor de outro corpo.
Por fim, já cansados, erguem os olhos a um céu vestido de luto, que os brinda com um cântico de agradecimento.
Solidificam a amizade num abraço sem culpas nem culpados… sem lágrimas nem fingimentos.
Beijam-se e das suas bocas, levam a única promessa… de sempre se quererem bem.

In “Ana Luar

Perto de você

Como uma flor a um beija flor assim próximo quero estar de seu coração,
Como as estrelas da noite e o dia da luz nunca estarmos separados.

Quero que você seja a única coisa que eu vejo porque eu creio que é o destino
Só para estar próximo, é a única coisa que eu quero fazer.
Estar apenas próximo, próximo de você, estar apenas próximo.
A noite é tão solitária sem você para me abraçar forte, quero ter você mais próxima eu preciso de você
Minha vida não seria nada sem a alegria que você me dá, você sabe, nunca haverá mais nada para mim
você é como um sonho que se tornou realidade e por algum motivo se foi.
Eu te daria todo o meu amor, só para ficar perto de você..
Perto de você

(Weudes S. M.)